Merkel diz que fará "todo o possível" para esclarecer ataque de Dortmund

Berlim, 12 abr (EFE).- A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, se disse horrorizada pelo ataque com explosivos contra o ônibus do Borussia Dortmund e destacou que as autoridades estão fazendo "todo o possível" para esclarecer o incidente o quanto antes.

"Ontem (terça-feira) estávamos todos horrorizados quando recebemos a notícia do ataque contra o ônibus do Dortmund com os jogadores dentro. Estamos de acordo de que se tratou de um ato repugnante", afirmou Merkel durante visita à empresa alemã Viessmann nesta quarta-feira.

De acordo com a chanceler, "o procurador-geral e as autoridades investigadoras estão fazendo todo o possível para esclarecer o mais rápido possível estes fatos".

Merkel também se referiu às duas pessoas que ficaram feridas pela tripla explosão, o zagueiro espanhol Marc Bartra e o polícia que escoltava o veículo em uma moto, e os desejou "uma completa recuperação".

Bartra, com uma fratura no braço direito e ferimentos leves, foi operado com sucesso nesta madrugada e através de seu perfil na rede social Instragram disse que já se sente "muito melhor".

"Nossos pensamentos estão agora com os jogadores, que jogam nesta quarta-feira a partida adiada, com o Borussia Dortmund, com os torcedores, e esperamos que possa ser um jogo pacífico e bom", expressou Merkel.

A chanceler aproveitou a oportunidade para ressaltar a "magnífica solidariedade" demonstrada por "todos os torcedores do Dortmund e também do Monaco" quando a partida foi cancelada, "uma clara mensagem contra todo tipo de violência", segundo ela.

Borussia Dortmund e Monaco se enfrentam nesta quarta-feira, no estádio Signal Iduna Park, pelo jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões. EFE