Felipe Alves supera 'solução' Jandrei e se consolida no gol do São Paulo em 2022

Felipe Alves se consolidou no gol após queda de rendimento de Jandrei (Foto: Divulgação/São Paulo)


Neste ano, o gol do São Paulo foi marcado por um rodízio de quatro nomes: Tiago Volpi, Thiago Couto, Jandrei e Felipe Alves. Mas uma das grandes surpresas foi o último citado, que chegou na segunda janela de transferências do ano, para cobrir a saída de Volpi, e conseguiu se firmar na titularidade.

Veja as fotos da terça-feira de Copa do Mundo no Qatar

Veja tabela da Copa do Mundo

Tiago Volpi foi o responsável por cuidar da defesa tricolor no começo da temporada. Em maio, se despediu do clube após acertar com o Toluca, do México - três anos e meio depois, com 195 jogos usando a camisa do São Paulo.

Neste ano, chegou a atuar em apenas sete jogos pelo Tricolor - sendo seis no Paulista e um contra o Jorge Wilstermann, pela Copa Sul-Americana, ainda na fase de grupos - que inclusive foi seu último pelo time.

Ainda quando estava na equipe, Volpi perdeu muito do seu espaço para um dos nomes que havia sido anunciado no final de 2021: Jandrei. No rodízio imposto por Ceni no começo do ano, Jandrei começou a se firmar na posição.

Entretanto, com a saída de Volpi, o São Paulo passou a contar com somente duas opções: o próprio Jandrei e a cria de Cotia, Thiago Couto. Neste cenário, a busca por mais uma opção para o gol já era algo eminente. Mas a situação se agravou após um acontecimento complicado envolvendo o defensor - até então titular.

No dia 17 de julho, Jandrei deixou uma partida contra o Fluminense no Morumbi com fortes dores nas costas, após uma pancada com o zagueiro Leo. Chegou a desfalcar a partida seguinte, e dez dias depois, foi constatada uma fissura na região lombar. Esta fissura o tirou de campo por quase um mês.

Neste contexto, Felipe Alves foi anunciado. Quanto a Thiago Couto, chegou a atuar por quatro jogos seguidos, mas sua pouca idade e a falta de experiência fizeram perder espaço para o recém-chegado.

A priori, era esperado que Jandrei retornasse da lesão e voltasse para a titularidade no gol. Mas não foi bem assim que aconteceu. Quando se recuperou e foi autorizado pelo departamento médico do clube para atuar, o desempenho recebido foi inferior ao que era mostrado antes de se machucar.

Desde setembro, após a derrota por 1 a 0 na semifinal da Copa do Brasil pelo Flamengo, não entrou mais em campo. Quem assumiu o lugar - e inclusive foi titular na grande final da Copa Sul-Americana - foi Felipe Alves, que passou a surpreender.

No total, Jandrei disputou 43 jogos o ano todo e Felipe Alves 25. No Brasileiro, por sua vez, Jandrei esteve em 18 e Felipe Alves em somente um a mais. Mas o que chama atenção são as estatísticas.

No Brasileirão, os números de Felipe foram melhores. Foram 39 defesas contra 35 (de acordo com dados do FootStats), se superando também em defesas complicadas (19 contra 12).

Neste cenário, Felipe Alves se consolidou na posição e rompeu a visão de ‘Jandrei como solução’, que veio à tona com a queda no rendimento de Volpi, lá no começo do ano.

A dúvida agora é para 2023. De acordo com apurações do LANCE!, mais um arqueiro estaria na mira do São Paulo: o goleiro John, do Santos. John tem 26 anos e vínculo com o Santos até 2024. Após perder espaço para João Paulo na titularidade do gol, ele quer sair para conseguir jogar em outro clube. Foi informado que, se houver propostas, o Peixe não tentará segurá-lo.

Quanto a Jandrei, o L! também apurou que, por conta da sua perda de espaço na equipe titular, empresários do goleiro estariam tentando oferecê-lo para o futebol italiano.