Felipão anuncia aposentadoria como técnico, seguirá como diretor técnico

Luiz Felipe Scolari durante partida entre Athletico Paranaense e Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro em Curitiba

(Reuters) - O ex-técnico da seleção brasileira Luiz Felipe Scolari, que levou o Brasil à conquista da Copa do Mundo de 2002, anunciou sua aposentadoria como treinador no domingo.

Scolari, que assumiu o comando do Athletico Paranaense em maio, fez o anúncio depois da vitória sobre o Botafogo por 3 x 0 no domingo em seu último confronto da temporada 2022, para terminar em sexto no Campeonato Brasileiro

"Queria terminar essa minha passagem pelo futebol como técnico com uma vitória e hoje foi um dos melhores jogos que fizemos na minha passagem pelo Athletico como treinador", afirmou Felipão, segundo o site do Athletico.

"Agora mudo de carreira... Serei apenas o diretor técnico. Farei a coordenação da equipe principal e de todas as categorias de formação."

Felipão comandou o Brasil em duas ocasiões --entre 2001 e 2002, quando levou a seleção ao quinto título mundial, e novamente entre 2012 e 2014, conquistando a Copa das Confederações de 2013 e dirigindo o Brasil no Mundial em casa que ficou marcado pela goleada por 7 x 1 para a Alemanha na semifinal.

Em nível de clubes, Felipão conquistou a Copa Libertadores com o Grêmio em 1995 e com o Palmeiras em 1999, além do título do Campeonato Brasileiro com os dois times, em 1996 e 2018, respectivamente.

Ele também treinou a seleção de Portugal entre 2003 e 2008 e o Chelsea entre 2008 e 2009, entre outros.

(Por Anita Kobylinska em Gdansk, reportagem adicional de Gabriel Araújo em São Paulo)