Feijão e argentino vencem dupla brasileira e avançam em Santiago

Em confronto de duplas que envolveu três brasileiros nesta terça-feira, no Challenger de Santiago, João Souza e o argentino Guido Andreozzi conseguiram levar a melhor sobre Rogério Dutra da Silva e Eduardo Russi e avançaram para as quartas de final com facilidade ao vencer por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, em jogo com 44 minutos de duração.

Com a classificação, o brasileiro Feijão e o argentino Guido Andreozzi avançaram para enfrentar a dupla formada pelos chilenos Marcelo Tomas Barrios e Nicolas Jarry, que conquistaram a vaga nas quartas de final ao vencerem Hans Podlipnik-Castillo e Max Jacob Schnur por 2 sets a 1 em jogo duríssimo, que teve parciais de 6/7(4-7), 7/6(11-9) e 10-3. O duelo está marcado para a próxima quinta-feira.

A tranquila vitória de João Souza e Guido Andreozzi teve a dupla impecável em seus games de serviço. No primeiro set, o brasileiro e o argentino confirmaram todos os seus saques e ainda efetuaram uma quebra diante de Rogerinho e Eduardo Russi para fechar a primeira parcial em 6/3.

O segundo set teve ainda mais facilidade, já que Feijão e Andreozzi voltaram a confirmar seus serviços, mas desta vez efetuaram três quebras diante da dupla brasileira e fecharam a parcial em 6/1 para vencer a partida.

Rogerinho avança no simples e enfrenta o compatriota Caio Zampieri – Um pouco mais cedo, Rogério Dutra da Silva entrou em quadra para medir forças com o espanhol Jordi Samper-Montana, na disputa no simples, e conseguiu avançar com uma vitória por 2 sets a 0, em jogo com 1h28 de duração. Apesar da dificuldade no primeiro set, o brasileiro conseguiu encaixar seu jogo na parte final e aplicar um pneu, fechando o duelo com parciais de 7/5 e 6/0.

Com o resultado, Rogerinho, que é o cabeça de chave número um do torneio, avançou para as oitavas de final para enfrentar Caio Zampieri, outro brasileiro na disputa do Challenger de Santiago. O tenista número 260 do ranking da ATP garantiu a classificação também nesta terça-feira ao vencer o boliviano Hugo Dellien por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3, em jogo com 2h11 de duração. A partida está marcada para esta quarta-feira.