Federer vence Goffin e está nas quartas do US Open

AFP
Roger Federer em ação no US Open, 1 de setembro de 2019 em Nova York
Roger Federer em ação no US Open, 1 de setembro de 2019 em Nova York

O suíço Roger Federer avançou neste domingo às quartas de final do US Open pela 13ª vez na carreira ao vencer o belga David Goffin em rápidos três sets, parciais de 6-2, 6-2, 6-0.

Federer, de 38 anos, busca ampliar seu recorde de 21 títulos de Grand Slam com um sexto US Open.

Nas quartas de final, o suíço enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov, que eliminou o australiano Alex de Minaur em três sets, 7-5, 6-3, 6-4.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Com esta vitória, Federer, terceiro cabeça de chave, segue segue no caminho para medir forças nas semifinais com o atual campeão e número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, que entra em quadra pelas oitavas de final neste domingo contra o também suíço Stan Wawrinka.

Na chave feminina, a australiana Ashleigh Barty, segunda cabeça de chave, e a tcheca Karolina Pliskova, 3ª, foram surpreendentemente eliminadas.

Barty deu adeus ao Grand Slam nova-iorquino após ser derrotada pela chinesa Wang Quiang em dois sets, 6-2, 6-4, enquanto Pliskova levou a pior diante da britânica Johanna Konta (16ª) de virada, 6-7 (1/7), 6-3 e 7-5.

Já a americana Serena Williams (8ª), finalista derrotada no ano passado, segue viva na busca por um histórico 24º título de Grand Slam. Neste domingo, superou a croata Petra Martic (22ª) em dois sets, 6-3, 6-4, e enfrentará Quiang por uma vaga nas semifinais.

Leia também