Monaco e Juve lutam por vaga na final em duelo da ousadia contra a solidez

Paris/Roma, 2 mai (EFE).- O Monaco, liderado pela ousadia do atacante Kylian Mbappé, jogará em casa nesta quarta-feira contra a Juventus, considerada a equipe mais sólida da Europa, com a meta de se classificar para a final da Liga dos Campeões, no dia 3 de junho, em Cardiff.

Em jogo de ida pelas semifinais da 'Champions', estarão frente a frente no estádio Louis II dois times com aspetos antagônicos, a começar pela juventude dos donos da casa, cuja média de idade é de 25,3 anos, contra a experiência da 'Velha Senhora', com 28,2 anos.

Vice-campeão continental em 2004, o Monaco tem o terceiro melhor ataque da Europa, com 142 gols marcados em jogos oficiais na temporada, atrás apenas de Barcelona (158) e Real Madrid (145). Já a Juve, dona de dois títulos do principal torneio interclubes da Uefa, tem a melhor defesa desta edição da Liga, com apenas dois gols sofridos.

Será uma reedição do confronto de quartas de final de duas temporadas atrás. Na ocasião, a pentacampeã italiana derrotou o time do principado por 1 a 0 no Juventus Stadium na ida e segurou o 0 a 0 fora de casa na segunda partida. Antes, mediram forças na semi em 1998, também com triunfo da equipe de Turim.

Os anfitriões têm como dúvida dois de seus pilares, o lateral-direito Sidibé, com uma apendicite, e o volante Bakayoko, que quebrou o nariz em um treino na passada semana. Já os visitantes não poderão contar com o também volante Khedira, suspenso.

O técnico Leonardo Jardim escalará o Monaco no 4-4-2, em que se destacam jovens valores como o meia Thomas Lemar (21 anos), o armador Bernardo Silva (22) e o brasileiro Fabinho (23), que deixou de ser lateral-direito para atuar como meio-campista.

Já Massimiliano Allegri buscará dar sequência ao bom retrospecto contra o adversário e para isso repetirá o 4-2-3-1 que anulou taticamente o Porto nas oitavas de final e o Barcelona nas quartas. Nas laterais, estarão os brasileiros Daniel Alves e Alex Sandro.

No ataque, Higuaín tentará quebrar uma seca na 'Champions'. O centroavante argentino não marca pela competição desde a vitória sobre o Dínamo de Zagreb por 2 a 0, em 7 de dezembro, ainda pela fase de grupos.


Prováveis escalações:.

Monaco: Subasic; Touré, Glik, Jemerson e Mendy; Fabinho, João Moutinho, Bernardo Silva e Lemar; Mbappé e Falcao. Técnico: Leonardo Jardim.

Juventus: Buffon; Daniel Alves, Bonucci, Chiellini e Alex Sandro; Marchisio e Pjanic; Cuadrado, Dybala e Mandzukic; Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.

Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha), auxiliado pelos compatriotas Pau Cebrián Devís e Javier Rodríguez.

Estádio: Louis II, em Mônaco. EFE