Federer passa por Kyrgios e confirma final contra Nadal em Miami

Roger Federer e Rafael Nadal vão duelar mais uma vez nessa temporada. Na noite dessa sexta-feira, o suíço sofreu, mas conseguiu passar pelo australiano Nick Kyrgios por 2 a 1, parciais de 7/6 (9), 6/7 (9) e 7/6 (5), e confirmou sua vaga na final do Masters 1000 de Miami. Antes, o tenista espanhol também se credenciou ao título ao bater o italiano Fabio Fognini. O grande jogo está marcado para às 14 horas (horário de Brasília) desse domingo.

No histórico do confronto, Rafael Nadal tem larga vantagem sobre Roger Federer. São 23 vitórias contra 13 do suíço. Nadal derrotou Federer em decisões como a desse domingo 14 vezes, enquanto seu rival conseguiu o mesmo feito em oito oportunidades. Em compensação, nessa temporada de 2017, Roger Federer superou Nadal nas duas vezes em que se encontraram, uma delas na grande final do Grand Salm da Austrália.

O jogo

Federer e Kyrgios travaram uma verdadeira batalha no primeiro set, que teve 1h14 de duração. Os dois tenistas confirmaram seus serviços até o sétimo game, quando o australiano quebrou o rival. Antes, o suíço teve três oportunidades de quebra, mas não aproveitou. Com a vantagem, Kyrgios abriu 5/3 e caminhava para uma vitória tranquila na parcial.

Federer não se entregou e, depois de um longo game, confirmou seu saque e jogou pressão no adversário, que serviria para vencer o primeiro set. O suíço foi agressivo nas devoluções e Kyrgios sentiu, perdendo o serviço. A parcial seguiu equilibrada e precisou ser definida no tiebreak.

No desempate, o equilíbrio prevaleceu e nenhum dos dois tenistas conseguiu abrir uma vantagem. Federer teve set points no 6-5 e no 7-6, porém não aproveitou. Kyrgios, por sua vez, teve o ponto da parcial no 8-7 e no 9-8, todavia também não conseguiu fechar. Mais concentrado, o suíço tomou a dianteira e saiu na frente ao anotar 11-9 no tiebreak.

A partida seguiu parelha durante o segundo set. Consistentes em seus serviços, os dois tenistas não permitiram quebras, embora Federer tenha tido duas oportunidades de quebrar o saque de Kyrgios no sétimo game. O australiano não ameaçou o suíço. A definição foi novamente para o tiebreak.

Assim como aconteceu no primeiro set, o tiebreak da segunda parcial foi muito disputado. Os dois atletas se alternaram na pontuação e nenhum deles conseguiu abrir vantagem. Federer teve dois match points, mas não fechou a partida. Kyrgios se manteve vivo no jogo ao ganhar por 11-9, depois de desperdiçar outras duas chances de vencer.

No terceiro set, o australiano, que já vinha se irritando com o comportamento do público, se enervou de vez. Famoso pelo temperamento forte, Kyrgios ‘caiu na pressão’ ao perceber a maior parte dos torcedores vibrando com os pontos do suíço. Mesmo assim, a partida seguiu parelha até Kyrgios cometer uma dupla-falta com 5/4 a seu favor. Um torcedor gritou “fora” pouco antes e o jogador chegou a manda-lo “calar a boca”. Mais concentrado, Roger Federer teve tranquilidade para fazer sua parte e fechar em 7/6 (5).