Federer e Serena Williams aparecem na lista de participantes do Aberto da Austrália

·2 minuto de leitura
Serena Williams e Roger Federer participam de uma cerimônia em Miami, no dia 20 de março de 2019

Roger Federer, cuja participação no Aberto da Austrália não é certa, e Serena Williams, que tentará bater um recorde e levantar seu 24º título de Grand Slam em Melbourne, ambos ex-número 1, figuram na lista de participantes divulgada nesta quinta-feira pelos organizadores do torneio programado para acontecer de 8 a 21 de fevereiro.

Durante o primeiro Grand Slam da temporada, adiado em três semanas devido à pandemia, "nossa nº 1 do mundo (a australiana) 'Ash' Barty retornará às quadras no Grand Slam, assim como Roger Federer, que retorna após uma lesão", disse o diretor do torneio, Craig Tiley, no site do evento.

No sábado, Tiley já havia garantido que "os melhores jogadores do mundo, incluindo Roger Federer, (haviam) se comprometido a vir para Melbourne".

Afastado das quadras durante grande parte da temporada de 2020, depois de passar por duas operações em um joelho, o suíço de 39 anos reconheceu em meados de dezembro que não tinha certeza se participaria do Aberto da Austrália, sugerindo até o final de sua carreira.

Também com 39 anos de idade, "Serena (Williams) tentará ganhar seu oitavo título do Aberto da Austrália", disse Tiley.

Desde sua vitória em 2017 na Austrália, a americana está atrás do 24º título do Grand Slam em simples, o que permitiria que ela igualasse o recorde de Margaret Court. Mas ela não joga uma partida oficial desde que deixou Roland Garros na segunda rodada, no final de setembro, devido a uma lesão no tendão de Aquiles.

O Aberto da Austrália estava programado para começar em 18 de janeiro, mas os organizadores do tênis e órgãos dirigentes tiveram que adiar as datas do torneio a pedido das autoridades australianas para estabelecer medidas sanitárias sem precedentes com o objetivo de evitar a propagação da covid-19.

Os jogadores terão que chegar à Austrália a partir de 15 de janeiro para realizar uma quarentena de duas semanas em uma "bolha sanitária" instalada em torno do Melbourne Park, local do torneio.

Os participantes também deverão se hospedar nos hotéis que lhes serão reservados e não poderão ficar fora desses hotéis por mais de cinco horas por dia para os treinamentos.

As fases de classificação para este primeiro 'major' do ano acontecerão em Doha para os homens e em Dubai para as mulheres, de 10 a 13 de janeiro.

mp/hr/dh/dga/fio/gh/aam