Federer domina Nadal e vai às quartas em Indian Wells; Djoko cai

Na noite desta quarta-feira, o jogo mais esperado por muitos fãs de tênis agitou as oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells, realizado nos Estados Unidos. O suíço Roger Federer (número 10 do ranking mundial) superou o espanhol Rafael Nadal (6º), maior rival de sua carreira, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, após uma hora e oito minutos de duelo.

Após ganhar o sorteio, Nadal escolheu começar a partida sacando, e não se deu bem. No primeiro game do jogo, o espanhol encontrou Federer ligado na partida, que se aproveitou das oscilações de Rafa e aplicou o break. No quinto game, o suíço voltou a vencer o saque do canhoto, e não teve maiores dificuldades para faturar a primeira parcial.

No segundo set, Roger seguiu dominando a partida. Confirmando seus serviços com facilidade, vencendo 76% de pontos com seu primeiro saque e 75% com o segundo, o Maestro seguiu pressionando Rafa, e quebrou o serviço do rival em outras duas oportunidades, abrindo caminho para a vitória.

Aliás, o resultado teve um gosto ainda mais especial para Federer. Pela primeira vez na história, o suíço venceu três confrontos seguidos contra Nadal: nesta quarta; na final do Aberto da Austrália, em janeiro; e na decisão do ATP 500 de Basel, em novemrbo de 2015. Mesmo assim, o Touro Miúra segue em vantagem nos confrontos diretos: 23 a 13.

Com a vitória, Roger avançou às quartas de final do torneio, e se prepara para encarar o australiano Nick Kyrgios (16º). Aliás, o suíço é o único tenista entre os quatro principais do circuito mundial a seguir vivo na disputa, uma vez que Andy Murray já havia sido eliminado, e Nadal e Novak Djokovic caíram nesta quarta.

Djokovic perde para Kyrgios e cai nas oitavas

Pentacampeão do Masters 1000 de Indian Wells, tendo vencido os três últimos anos do torneio, Novak Djokovic (2º) foi eliminado nas oitavas de final pelo australiano Nick Kyrgios (16º), que venceu em sets diretos, com parciais de 6/4 e 7/6 (7-3), em quase duas horas de jogo.

Esta foi a segunda derrota de Djokovic para Kyrgios em apenas 13 dias, já que o australiano eliminou o sérvio nas quartas de final do ATP 500 de Acapulco no início de março. Como defendia o título, Nole perderá 910 pontos no ranking mundial.

Kyrgios começou ligado na partida, e quebrou o serviço de Djoko logo no primeiro game de confronto. Com um break à frente, o australiano novamente sobrou no saque, não dando nenhuma chance de quebra ao oponente, e ainda vencendo 87% dos pontos com seu primeiro serviço. Com a vantagem, Nick manteve-se firme e saiu na frente.

Na segunda parcial, Kyrgios continuou sem sofrer pressão de Djokovic em seus games de serviço, enquanto o sérvio teve que salvar dois breaks para manter seu saque, e conseguiu. Com a igualdade no placar, o set foi decidido no tie-break. Nick começou forte e abriu 3 a 0. Nole até tentou reagir, mas não conseguiu frear o empolgado australiano, que se garantiu na próxima fase do torneio.