Federer derrota Nadal e é campeão do Masters 1000 de Miami

O suíço Roger Federer em ação contra o espanhol Rafael Nadal em Miami, 2 de abril, 2017

O suíço Roger Federer, número 6 do mundo, derrotou neste domingo o espanhol Rafael Nadal, 7º do ranking, conquistando pela terceiro vez na carreira o Masters 1000 de Miami.

Federer superou em dois sets, parciais de 6-3, 6-4, a Nadal, derrotado na final do torneio na Flórida pela quinta vez.

Para Federer, este foi o 91º título na carreira, dos quais 26 são de torneios da categoria Masters 1000, a segunda mais importante do circuito da ATP.

O suíço precisou de duas quebras de saque para vencer a partida.

No nono game do segundo set, Federer conseguiu a quebra de saque que o colocou em vantagem por 5-4 no placar, ficando à beira da vitória, o que alcançou no game seguinte ao confirmar seu serviço.

No primeiro set, a quebra do saque de Nadal veio quando Federer vencia por 4-3. Na sequência, o suíço fechou a parcial com excelentes golpes de direita, sua melhor arma neste domingo.

Com a vitória, Federer levou para a casa o prêmio de 1.175.505 dólares e 1.000 pontos para o ranking, enquanto Nadal somou 573.680 dólares e 600 pontos.

Nesta segunda-feira, Federer aparecerá na quarta colocação do ranking ATP, enquanto Nadal será o 5º melhor tenista do circuito.

Federer, que vem mostrando excelente preparo físico neste início de temporada, aguentou bem o calor em Key Biscayne, na Flórida, para superar Nadal.

"Não tenho 24 anos, então as coisas mudaram muito e provavelmente não vou jogar nenhum evento no saibro, exceto Roland Garros", adiantou o suíço.

"Vai ser assim, preciso descansar, meu corpo precisa se curar, também preciso de tempo para me preparar e vocês me verão de novo na França", completou.

"Quero estar saudável e me divertir. Quando me sinto bem, posso produzir um tênis como neste final. Quando não estou bem, não há possibilidade de disputar uma final com Rafa", brincou.

A partida foi disputada diante de um público que torceu igualmente pelas duas lendas vivas e aplaudiu as belas jogadas de ambos, sem escolher um favorito.

Após o jogo, Nadal, em espanhol, agradeceu "a todos os latinos pelo apoio que sempre recebi em Miami".

Apesar da derrota, Nadal segue dominando o confronto direto com Federer, agora com 23 vitórias e 14 derrotas.