Federer é eliminado por Dimitrov nas quartas de final do US Open

AFP
Grigor Dimitrov comemora a vitória sobre Roger Federer no US Open
Grigor Dimitrov comemora a vitória sobre Roger Federer no US Open

O suíço Roger Federer foi eliminado nesta terça-feira nas quartas de final do US Open pelo búlgaro Grigor Dimitrov, que nunca o havia derrotado antes em sete confrontos prévios.

Dimitrov, número 78 do mundo, precisou de cinco sets para eliminar a lenda suíça de 38 anos, parciais de 3-6, 6-4, 3-6, 6-4 e 6-2.

Nas semifinais, o búlgaro enfrentará o russo Daniil Medvedev, que mais cedo superou o também suíço Stan Wawrinka.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Fazia muito tempo que eu não jogava nessa quadra, estava nervoso. Eu só pensava: 'fica no jogo, o ombro está aguentando bem'. Estou muito feliz", comemorou Dimitrov após a partida.

A última partida que Federer disputou em cinco sets foi a histórica final de Wimbeldon perdida para Novak Djokovic, nesta temporada.

No ano passado, Federer caiu nas oitavas de final do Grand Slam nova-iorquino, um torneio que venceu cinco vezes na carreira.

Na chave feminina, a americana Serena Williams seguiu firme rumo ao objetivo de conquistar um histórico 24º título de Grand Slam, alcançando as semifinais ao atropelar a chinesa Qiang Wang em dois rápidos sets, 6-1, 6-0.

No total, Wang conseguiu marcar apenas 15 pontos em toda a partida, 4 no segundo set.

Por uma vaga na final, Serena terá pela frente a ucraniana Elina Svitolina, quinta cabeça de chave.

Leia também