Federação Paulista será acionada por aglomeração no jogo do São Paulo

LANCE!
·1 minuto de leitura


A Secretária de Saúde da cidade de São Paulo vai acionar a Federação Paulista de futebol pela aglomeração no estádio do São Paulo. Na noite de ontem (18), torcedores do clube paulista se reuniram na frente do Morumbi durante a partida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, desrespeitando as orientações contra a pandemia de coronavírus.

Em entrevista ao UOL, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido reprimiu a atitude dos são paulinos.

- Todas estas orientações que temos passado é de evitar aglomeração, respeitar a pandemia. É algo que vai nos trazer, seguramente, mais casos [de covid-19]", afirma Edson Aparecido. "Não é aconselhável, não é correto. Isso só dá campo para a pandemia aumentar. Nós já temos manifestado preocupação com baladas, bares e restaurante; esta agora é uma preocupação adicional. É um absurdo que isto esteja ocorrendo - declarou Edson.

Agora, a Secretaria pretende acionar a FPF para evitar que outros atos como esse se repitam pela cidade de São Paulo. As centenas de pessoas que estiveram nos arredores do estádio foram convocadas pela Independente, a maior torcida organizada do clube. Pelas redes sociais, além de divulgar o evento, os organizadores prometiam a distribuição de cinco mil frascos de álcool em gel e exigiam uso de máscaras para a participação. Imagens que circulam na internet expõem o descumprimento das normas.

O clube não se pronunciou sobre o ocorrido. Vale ressaltar que a presença do público nos estádios está proibida por determinação do Governo do Estado desde que as partidas voltaram a ocorrer, no mês de agosto desse ano, devido à pandemia de COVID-19.