Federação Italiana aprova lei anti-Superliga nesta segunda

LANCE!
·1 minuto de leitura
This picture taken in Milan on April 20, 2021 shows three logos of Italian teams, Inter Milan, Juventus and AC Milan that would participate in the Super League. - FIFA president Gianni Infantino said on April 20 that there is
Inter, Juventus e Milan foram os italianos que participaram da criação da Superliga (MIGUEL MEDINA/AFP via Getty Images)

A Federação Italiana (FIGC) aprovou uma nova regra que impede os clubes do país a participarem de torneios de futebol que não sejam reconhecidos pela Fifa, Uefa ou pela própria entidade, para evitar casos como o da Superliga. Caso uma equipe descumpra a lei, ela poderá ser banida das competições nacionais.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Além desta punição, o clube que descumprir a nova lei pode perder a afiliação com as entidades que organizam o futebol mundial. Durante o Conselho da Federalçao, Gravina, presidente da FIGC, deu margem para futuras mudanças no formato do Campeonato Italiano para o futuro.

Leia também:

A Superliga foi anunciada no último dia 18, mas suprimida em dois dias após a pressão de torcedores e a desistência dos clubes fundadores. A competição tinha a intenção em contar com 15 times fixos e outro cinco convidados com a promoção de grandes partidas e uma enorme injeção financeira.