Federação Internacional cancela a Liga das Nações de vôlei em 2020

Web Vôlei
LANCE!


A Federação Internacional de Vôlei anunciou, nesta sexta-feira, o cancelamento da Liga das Nações (VNL) de 2020, conforme antecipou ontem o Web Vôlei, devido à pandemia global de coronavírus e seu impacto nas cidades-sede que receberiam as partidas.

A VNL estava programada para começar em 19 de maio para a competição feminina e 22 de maio para o evento masculino. A FIVB anunciou o adiamento do evento em março de 2020 e esperava encontrar uma data no final do ano para realizá-las.

No entanto, dada a natureza evolutiva da pandemia, a complexidade da realização de um evento global, em vários países anfitriões e o compromisso de proteger a saúde dos participantes, o Conselho da VNL, o Conselho de Administração da FIVB e os organizadores do evento concordaram em cancelar edição deste ano da competição. A FIVB já adiantou que Itália e China seguirão como países anfitriões das finais da competição em 2021.

- Juntamente com nossos parceiros, tínhamos explorado todas as várias opções para organizar a VNL 2020. Parte do que torna a Liga das Nações tão especial é que é um evento verdadeiramente global desfrutado por jogadores e especialmente por fãs de todo o mundo. Mas essa força também aumenta seu risco durante a atual pandemia global. Seria, portanto, imprudente, talvez até irresponsável, prosseguirmos com o evento quando não podemos proporcionar aos jogadores e a todos os interessados ​​a certeza de que a VNL seria segura, acessível a todos e mantida em alto nível - disse Ary Graça, presidente da FIVB.

- Em vez disso, nossa atenção agora se volta para a VNL 2021 e garante que seja a nossa melhor edição de sempre. Sei que nossos incríveis atletas serão incansáveis ​​em seus esforços para se preparar para a competição, e não tenho dúvidas de que o próximo ano será um ano muito emocionante para o vôlei.

Além disso, as edições masculina e feminina da Challenger Cup, a segunda divisão da VNL, originalmente programada para ser realizada em Gondomar, Portugal e Zadar, Croácia, entre 24 e 28 de junho, respectivamente, não serão realizadas este ano. As equipes que se classificaram para a competição 2020 na edição de 2019 da Challenger Cup, a Eslovênia (masculino) e o Canadá (feminino), manterão seus lugares na elite no próximo ano.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também