Federação Inglesa aprova plano para vender o estádio Wembley

Gazeta Press

Nesta quinta-feira, a cúpula da Federação Inglesa de Futebol (FA, em inglês) decidiu aprovar o plano para vender o estádio Wembley por 600 milhões de euros (em torno de R$ 3,2 bilhões) ao empresário paquistanês Shahid Khan, dono do Fulham, que disputa a primeira divisão local, e do Jacksonville Jaguars, equipe de futebol americano da NFL.

A conclusão das negociações ainda passará pelo conselho da FA, formados por representantes de clubes da elite nacional e das ligas regionais, do futebol feminino e do futsal, além de outras entidades. Esse grupo fará a votação final em relação ao projeto no dia 11 de outubro deste ano.

“Para assegurar que os detalhes estão sobre a mesa, a cúpula da diretoria da FA aceitou apresentar o plano de venda ao conselho do FA”, informado a entidade em comunicado.

Além da quantia paga pelo bilionário, a FA deverá lucrar 300 milhões de euros (por volta de R$ 1,57 bilhão) adicionais, ligados a futuros rendimentos do estádio.

Segundo a Federação Inglesa, o dinheiro arrecadado com o Wembley – que continuará recebendo a final da Copa da Liga Inglesa e jogos dos playoffs de clubes da segunda divisão – será investido no futebol de base.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também