Fede Valverde: como o 'magrelo' chegou a dono do meio de campo do Real Madrid

Um meia estrangeiro está nos holofotes da imprensa espanhola após tomar conta do meio campo do Real Madrid. A frase anos atrás poderia ser aplicada a jogadores já renomados como Tony Kroos e Luka Modric, mas a bola da vez na equipe merengue é Fede Valverde.

Se você viu a partida entre Real e Atlético de Madrid pela final da Supercopa da Espanha, deve lembrar do lance crucial da partida. Nos minutos finais, o centroavante Alvaro Morata recebeu a bola sozinho de frente para Cortouis. Tudo indicava um gol fácil para o Atleti, mas Valverde aplicou um carrinho na entrada da área, interrompendo a jogada. Expulso, o jogador saiu como herói da partida, já que os merengues venceriam minutos depois na disputa de pênaltis.

A história é semelhante a de Luis Suarez, também uruguaio, que defendeu com as mãos uma bola que seria gol certo de Gana nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010. Suarez também foi expulso, e o Uruguai se classificou para a semifinal na ocasião.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Valverde Morata tackle
Valverde Morata tackle

Valverde, porém, tem apenas 21 anos e pouco tempo de titular com a camisa do Real Madrid. Mesmo jovem e ainda franzino, o jogador já colocou no banco de reservas em algumas ocasiões os medalhões Modric e Kroos, mas atualmente vem sendo companheiro de meio-campo de ambos, juntamente com o brasileiro Casemiro. 

Antes de chegar ao Real Madrid, o Federico Valverde teve uma passagem curta pelo profissional do Peñarol - se destacou nas seleções de base do Uruguai e mal teve tempo de mostrar seu futebol na América do Sul. Aos 18 anos foi contratado pela equipe merengue, para fazer parte do Real Castilla em 2016. 

“Ele era pequeno, magro. E ele era diferente em termos de personalidade, era extremamente tímido. Mas os treinadores do seu clube e das seleções de base puderam ver que ele tinha coisas que os jogadores normais não têm, sobretudo uma visão do jogo que surpreendeu em uma idade tão jovem", disse Oscar Tabarez, treinador da seleção Uruguaia sobre Valverde.

Agora, ainda no início de sua carreira, Valverde parece ter o mundo a seus pés. Incontestável no meio-campo do Real Madrid, seu futebol fez com que o clube deixasse de cogitar a transferência de jogadores como Christian Eriksen e Paul Pogba. "Fede" já soma três gols e duas assistências na temporada 2019-2020.

Leia também