Favorito para o lugar de Jesualdo, Cuca já conversava com Peres há dias

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Técnico fez bom trabalho no Santos em 2018, mas deixou o clube por causa de problemas cardíacos (Ivan Storti/Santos)
Técnico fez bom trabalho no Santos em 2018, mas deixou o clube por causa de problemas cardíacos (Ivan Storti/Santos)

A demissão de Jesualdo Ferreira só foi anunciada pelo Santos de forma oficial na tarde desta quarta-feira, mas estava planejada desde a última sexta-feira. No período, inclusive, houve tempo para o presidente José Carlos Peres conversar com Cuca, de quem se tornou amigo pessoal depois da passagem do treinador pela Vila Belmiro, em 2018.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Cuca é o grande favorito para assumir a vaga deixada pelo português. A expectativa dos membros do Comitê de Gestão do Peixe é de que o novo treinador seja confirmado nesta quinta-feira, de olho na estreia do time no Campeonato Brasileiro, marcado para domingo, contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro.

Leia também:

Procurado pelo Blog, Cuca desconversou: “Nem sei de nada”. Sob seu comando, o Peixe fez grande segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2018, porém, o treinador deixou o clube por causa de problemas cardíacos.

Já Jesualdo voltará a Portugal com um caminhão de dinheiro a receber. Só pela multa serão R$ 2 milhões, que equivalem a quatro meses de salário. O técnico, que dirigiu o Peixe em apenas 15 partidas, ainda tem direito a reembolso dos três meses da pandemia, quando teve 70% dos salários abatidos (cerca de R$ 1,05 milhão), mais dois meses de direitos de imagem e os vencimentos de agosto.

O pacote completo se aproxima dos R$ 4 milhões. A intenção do presidente Peres, que nem compareceu na reunião que decretou a demissão do português, é pagar uma quantia grande à vista e parcelar o restante.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube