Favorito ou coadjuvante? Como está o ranking de forças entre os brasileiros que disputam a Libertadores de 2021

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

A gente escreve e sai correndo! Com a fase de grupos da Libertadores batendo à porta, o 90min estabeleceu um ranking levando em conta apenas os clubes brasileiros que participam da competição - dois deles, claro, ainda precisam confirmar vaga. Afinal, quem é favorito ao título e quem aparece como "coadjuvante"? Do menos gabaritado ao mais poderoso, segue a lista...

8. Fluminense

Tricolor está de volta à competição depois de oito anos | Buda Mendes/Getty Images
Tricolor está de volta à competição depois de oito anos | Buda Mendes/Getty Images

O clube está de volta à competição continental depois de oito anos. O trabalho de momento é o seguinte: se reacostumar com o ambiente de Libertadores para, mais adiante, sonhar em levantar a taça pela primeira vez na história.

7. Santos

Clube dificilmente vai repetir campanha de 2020 | RICARDO MORAES/Getty Images
Clube dificilmente vai repetir campanha de 2020 | RICARDO MORAES/Getty Images

Finalista de 2020, o Peixe vive à sombra de problemas financeiros e, mais uma vez, aposta na garotada. Repetir o que fez no ano passado é quase que um milagre, mesmo que a amostragem recente, diante do San Lorenzo, tenha sido exitosa.

6. Internacional

Mesmo com atletas de bom nível, ainda carece de qualidade | SILVIO AVILA/Getty Images
Mesmo com atletas de bom nível, ainda carece de qualidade | SILVIO AVILA/Getty Images

Tem atletas de nível superior, como Edenílson e Paolo Guerrero. Mas recém inicia um novo projeto, sob o comando de Miguel Ángel Ramírez. O Colorado não possui um elenco à altura de alguns rivais.

5. São Paulo

Tricolor tem química com o torneio e não deve fazer feito | Alexandre Schneider/Getty Images
Tricolor tem química com o torneio e não deve fazer feito | Alexandre Schneider/Getty Images

São Paulo e Libertadores têm uma química muito grande. O clube tem reforçado o elenco, mas ainda é complicado inclui-lo na parte de cima dessa lista. Não deve fazer feito. No entanto, o título ainda é algo bem distante.

4. Grêmio

Time ainda carece de um melhor futebol, mas tem tradição | Pool/Getty Images
Time ainda carece de um melhor futebol, mas tem tradição | Pool/Getty Images

A fama de clube "copero" lhe garante este lugar no ranking. Muito embora ainda falte futebol, a esperança do Tricolor está nos reforços que tendem a chegar. Se isso realmente acontecer, vem forte. Claro que, antes, ainda precisa se classificar à fase de grupos.

3. Flamengo

Elenco rubro-negro é recheado de "cascudos" | Wagner Meier/Getty Images
Elenco rubro-negro é recheado de "cascudos" | Wagner Meier/Getty Images

O badalado grupo rubro-negro precisa ser respeitado. Se no ano passado o Mengão não foi bem na Libertadores, tem tudo para voltar às cabeças em 2021. Basta jogar todo o futebol que é capaz.

2. Atlético-MG

Galo conta com algumas estrelas em seu elenco, como Vargas | Miguel Schincariol/Getty Images
Galo conta com algumas estrelas em seu elenco, como Vargas | Miguel Schincariol/Getty Images

O elenco montado dá ao Galo a condição de sonhar alto. O clube não contratou Hulk e Nacho Fernández por nada. A Libertadores está, sim, muito no radar do time mineiro.

1. Palmeiras

Atual campeão entra em campo sem a pressão dos demais rivais | Pool/Getty Images
Atual campeão entra em campo sem a pressão dos demais rivais | Pool/Getty Images

Impossível, neste momento, tirar do Palmeiras a condição de favorito. Como atual campeão e tendo mantido o elenco intacto, é o adversário a ser batido. Pode não ter o melhor futebol, mas entra sem a pressão que os demais terão às suas costas.