Em fase artilheira no Verdão, Dudu prevê dificuldades em Campinas

Principal jogador do Palmeiras, Dudu foi um dos destaques na campanha do título brasileiro de 2016 e segue atuando em alto nível na atual temporada. Na cardíaca vitória por 3 a 2 sobre o Peñarol, pela Copa Libertadores da América, o camisa 7 balançou as redes adversárias pela terceira vez consecutiva, já que havia marcado nos dois duelos com o Novorizontino, pelo Campeonato Paulista.

Vice-artilheiro do Verdão no ano, com cinco gols, apenas um a menos que o atacante Willian, o capitão palmeirense é um dos trunfos do time treinado por Eduardo Baptista para a primeira semifinal contra a Ponte Preta, às 16 horas (de Brasília), deste domingo, em Campinas, pelo Paulistão.

“Pedra no sapato” do Palmeiras nos últimos anos e algoz do Santos nas quartas de final no torneio, a Macaca merece todo o respeito, segundo Dudu. “A Ponte Preta está fazendo um ótimo campeonato e já ganhou de nós na primeira fase. Além disso, eliminaram o Santos, que era um dos favoritos ao título, e a gente sabe que serão dois jogos bem difíceis”, refletiu o meia-atacante, líder do time em assistências no ano, com seis passes decisivos.

“É muito complicado enfrentar a Ponte no Moisés Lucarelli, tanto é que perderam apenas uma vez lá no Paulista, mas entraremos concentrados para fazer um bom jogo e voltar para São Paulo com um resultado positivo, que é nosso objetivo”, acrescentou Dudu que, em sua terceira temporada no Verdão, soma 30 gols e 30 assistências em 126 partidas disputadas.

O duelo de volta entre Palmeiras e Ponte está marcado para o sábado seguinte, dia 22 de abril, às 19 horas, no Estádio Palestra Itália.