Brasileiros 'invadem' perfil de possível substituta de Vadão: 'Vem logo!'

Olga Bagatini

A sueca Pia Sundhage, bicampeã olímpica à frente dos Estados Unidos, é o nome favorito da CBF para substituir Vadão no comando da seleção feminina, como informou a jornalista Gabriela Moreira, do “Globo Esporte". Depois da publicação da reportagem, torcedores brasileiros “invadiram” o perfil da treinadora com pedidos para ela vir ao Brasil.

A maioria das fotos do perfil de Pia tem dois ou três comentários, mas as últimas três publicações estão repletas de bandeiras verde e amarelas e frases como “Please, come to Brazil (por favor, venha para o Brasil)", “Ei, mulher, vem organizar meu Brasil", “Vem pra salvar nós", “Brasil te quer", “Estamos te esperando" e “Será muito bem-vinda".

Fãs brasileiros inundaram perfil de Pia com comentários (Reprodução/Instagram)
Fãs brasileiros inundaram perfil de Pia com comentários (Reprodução/Instagram)

Pia Sundhage foi procurada pelo presidente Rogério Caboclo após a eliminação do Brasil para a França nas oitavas de final da Copa, e a técnica se mostrou aberta à ideia. Caboclo ainda vai oficializar o convite e debater os detalhes do contrato, mas o plano da CBF é oferecer um contrato longo para a treinadora.

Eleita melhor a técnica do ano pela Fifa em 2012, Pia tem no currículo conquistas importantes como dois ouros olímpicos com a seleção dos Estados Unidos, em 2008 e 2012, e uma prata pela Suécia, na Rio 2016.

A sueca de 59 anos de idade, que foi jogadora até os 36, comandou a seleção de mulheres do seu país de 2012 a 2017. Desde então, tem se dedicado ao time nacional sub-17. São mais de quatro décadas construindo uma carreira prestigiada na modalidade.

Leia mais sobre futebol feminino no Deixa Ela Jogar: