Familiares, amigos e vascaínos dão adeus a Roberto Dinamite, em São Januário


A hora do adeus. O corpo de Roberto Dinamite, maior ídolo do Vasco, começou a ser velado no gramado de São Januário às 10 horas desta segunda-feira. Primeiramente, os familiares. Em seguida, torcedores de diferentes gerações tiveram acesso mais próximo à estátua e ao ídolo em si. Dinamite faleceu no último domingo, aos 68 anos. Ele travava uma batalha contra um câncer no intestino desde o fim do ano de 2021.

A bandeira do Cruz-Maltino cobre o eterno camisa 10 do clube na sua última passagem no local onde é o maior artilheiro. Torcedores, amigos e parentes terão de 10h às 19h para se despedir do ídolo.

+ Morre Roberto Dinamite: relembre os maiores feitos do craque com a camisa do Vasco

Milhares de vascaínos e amantes do futebol estiveram na Colina Histórica desde as primeiras horas da despedida. Há uma grande comoção no local e muitos cruz-maltinos, bastante emocionados, direcionam palavras de carinho ao ex-jogador. Uma coroa de flores foi colocada aos pés da estátua de Dinamite, em São Januário.

+ Edmundo vai às lágrimas e é consolado durante velório de Roberto Dinamite

Desde o início estavam presentes dirigentes do Cruz-Maltino, como o presidente, Jorge Salgado e o primeiro vice-presidente geral, Carlos Roberto Osório. Mas também passaram pelo velório, até o momento desta publicação, Edmundo, Júnior, Cláudio Adão, Carlos Germano, Ricardo Rocha (ex-jogadores), Casimiro Miguel (influencer), Lédio Carmona e Fernanda Gentil (jornalistas).

+ Casimiro marca presença em velório de Roberto Dinamite, em São Januário

De cinco em cinco minutos, espontaneamente, presentes na arquibancada e/ou no gramado puxavam "vivas" e aplausos.

LUTO NO FUTEBOL

Roberto Dinamite se tornou sinônimo de gol, tornando-se o maior ídolo da história do Vasco. O ex-jogador travava uma batalha contra um câncer no intestino desde o fim de 2021 e estava internado desde sábado no Hospital da Unimed, na Barra da Tijuca. Além de ter marcado época como jogador do Gigante da Colina, Dinamite teve dois mandatos como presidente do clube, entre os anos de 2008 e 2014.