Família de Vertonghen foi ameaçada com faca durante assalto em casa

AFP
O zagueiro belga do Tottenham, Jan Vertonghen, estava viajando com sua equipe quando ocorreu o assalto
O zagueiro belga do Tottenham, Jan Vertonghen, estava viajando com sua equipe quando ocorreu o assalto

A família do jogador belga Jan Vertonghen foi mantida refém na terça-feira e ameaçada com uma faca durante um assalto em sua casa quando o zagueiro do Tottenham estava viajando com seu clube, informou a polícia britânica neste domingo.

Quatro homens encapuzados, armados de facas, invadiram a casa de Vertonghen no momento em que sua esposa e dois filhos estavam dentro. Vários objetos foram roubados.

O crime ocorreu pouco antes do jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões entre Leipzig e Tottenham na terça-feira, que terminou com uma vitória do clube alemão (3-0).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Vertonghen, de 32 anos, permaneceu no banco de reservas naquele duelo, mas foi informado dos fatos após o fim da partida. "Apoiamos Jan e sua família durante esse período terrivelmente traumático", disse um porta-voz do Tottenham.

"Incentivamos todos os que têm informações a se manifestarem para ajudar a polícia em suas investigações", acrescentou.

"A polícia foi chamada para um endereço no NW3 (distrito noroeste de Londres) às 19h49 locais de 10 de março para denunciar um assalto", disse um porta-voz da polícia britânica.

"Ninguém ficou ferido. Os suspeitos deixaram o local antes da chegada da polícia. Não houve prisões e as investigações continuam", disse ele.

Dois jogadores do Arsenal, Mesut Ozil e Sead Kolasinac, foram atacados em julho de 2019 por criminosos armados, em motocicletas, quando atravessavam o norte de Londres, mas conseguiram fugir.

Leia também