Atacante Jô diz que familiares foram barrados em restaurante por vestirem camisa do Corinthians

Familiares e amigos do atleta foram barrados de bar por vestirem camisas do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


O centroavante Jô, do Corinthians, relatou em post no Instagram que a sua esposa e os filhos foram barrados de uma unidade do bar Tatu Bola, no domingo, por usarem camisas do clube alvinegro.

"Hoje, no dia do trabalho, enquanto eu estava trabalhando e cumprindo minhas obrigações, minha família, razão de tudo, passou por um momento lamentável. Minha esposa, meus filhos e amigos foram impedidos de entrar para almoçar em um restaurante da rede Tatu Bola. O motivo? Pasmem! Minha esposa e meu filho estavam usando a blusa do time pelo qual eu jogo, pois iriam me assistir logo depois" publicou o jogador.

Demonstrando-se indignado com a situação, Jô questionou o critério usado pelo estabelecimento para impedir a entrada da sua família no local.

"Um médico usa seu jaleco com orgulho, um defensor civil usa seu uniforme com orgulho, mas, quando falamos de futebol, uma família não pode usar o uniforme do trabalho do pai? O que está acontecendo com o mundo? Não é o que fala, é como fala. Não é o que faz, é como faz!" desabafou.

O jogador afirmou que o episódio não passará impune e tomará as atitudes necessárias.

- Para que esse fato seja exemplo para os estabelecimentos de como não agir com seus clientes e para que outras famílias não sintam e passem pelo que minha família passou hoje. Sejam humanos, só assim teremos um mundo melhor e um futebol com menos ódio - declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos