Falta de eficiência impede bom resultado do São Paulo; leia a análise

Gabriel Santos *
·2 minuto de leitura


A foto que ilustra a matéria deve dar 'calafrios' na torcida do São Paulo. Isso porque, nesse lance, Brenner não alcançou a bola e perdeu a chance mais clara do jogo, sem goleiro, em gol que abriria o marcador para o Tricolor em Porto Alegre. E justamente a falta de eficiência nas finalizações é um dos principais motivos para a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre.

>> Retrospectiva-2020: Das eliminações à esperança de um título… O ano do São Paulo

Mas para falar sobre as chances perdidas do São Paulo, precisamos voltar à escalação inicial do Tricolor. Com Luciano de volta ao time, Tchê Tchê voltou ao banco e o Tricolor teve o retorno da dupla Brenner e Luciano, que marcou nove dos dez gols do São Paulo nesta Copa do Brasil.

VEJA A TABELA DA COPA DO BRASIL

No entanto, quem fez a diferença para o São Paulo foi Daniel Alves. O camisa dez foi o jogador que mais trocou passes no jogo, com 100, acertando 87, além de estar em todos os lugares do campo e ajudar na defesa e na armação das jogadas. Tanto que as duas principais chances do time na partida saíram em jogadas criadas pelo meia. Com uma grande partida de Dani, o São Paulo teve o domínio do jogo. Foram 69% de posse de bola, contra 31% dos gremistas.

E chegamos ao grande motivo da derrota do Tricolor: a falha nas finalizações. Os comandados de Fernando Diniz deram 11 chutes, contra apenas dois dos jogadores de Renato Portaluppi. O São Paulo acertou três vezes o gol de Vanderlei e perdeu chances claras com Brenner e principalmente Luciano.

Já o Grêmio acertou o gol de Volpi uma vez, o suficiente para vencer e abrir vantagem nas semifinais da Copa do Brasil. Aproveitando o espaço dado por Reinaldo na lateral-esquerda, Ferreira, que tinha acabado de entrar, fez a jogada para o gol de Diego Souza. Erro de marcação que o Tricolor precisa corrigir na temporada.

Portanto, para ter sucesso e conseguir chegar à final da Copa do Brasil, o São Paulo precisa acertar o pé e confiar no seu estilo de jogo.