Após falha, goleiro Giovanni evita cobranças e espera crescimento do Galo

A derrota para o Libertad, na noite dessa quarta-feira, em Assunção, no Paraguai, pela Copa Libertadores, apenas confirmou o péssimo momento vivido pelo Atlético-MG. O time de Roger Machado vem mal nos últimos jogos, não anima e passa por problemas técnicos e táticos.

Junto com isso, alguns atletas começaram a mostrar queda de rendimento. Entre eles o goleiro Giovanni, que viveu nova falha na derrota. O arqueiro falhou no gol paraguaio, quando viu a bola passar entre suas mãos, praticamente no meio do gol. Ele, no entanto, evitou responsabilizar algum companheiro.

Leia também: “Perder na Libertadores não é algo assombroso”, destaca Roger

“Eu poderia falar aqui, mas posso falar bobeira e vou ser cobrado por isso. Não quero falar sobre atitude, desempenhou ou seja lá o que for da nossa equipe. A gente veio para ganhar, infelizmente as condições não foram favoráveis para a gente. Deu no que deu. Vamos trabalhar novamente para não acontecer mais o que aconteceu hoje”, declarou.

Algo que ficou marcado na partida foi a péssima condição do gramado, problema que ficou acentuado pela chuva. O camisa 12 do Galo lamentou os problemas e confirmou que será necessário conversar para corrigir os problemas.

“Jogar Libertadores nessas condições complicou a gente, ainda mais uma equipe qualificada como a nossa. Precisamos conversar, ver o que a gente fez de errado. Hoje o jogo era de superação, não conseguimos nos superar. Infelizmente não conseguimos jogar o futebol que sabemos jogar. Agora é trabalhar para o próximo jogo”, finalizou.