Falcao sai do banco e decide para o Monaco; Nice vai à Champions

Após derrotar o Borussia Dortmund na Alemanha, pela Liga dos Campeões, o Monaco resolveu poupar Falcao García no jogo deste sábado, pelo Campeonato Francês, e a escolha quase custou caro: a equipe sofreu para vencer de virada o modesto Dijon, por 2 a 1, jogando em casa, e manteve a diferença de três para o Paris Saint-Germain ao chegar aos 77 pontos. O atacante, que começou no banco, entrou e decidiu para a equipe do Principado.

Os visitantes ocupam a penúltima posição do torneio, com 29 pontos, e podem ser ultrapassados pelo Bastia, que enfrenta o Lyon neste domingo. Na próxima rodada, o Monaco tem o duro duelo contra o Lyon, fora de casa. Já o Dijon, brigando contra o rebaixamento, recebe o Angers.

O jogo – O primeiro tempo foi equilibrado, apesar do líder da competição atuar em casa, onde costuma dominar as ações. Quando a partida se encaminhava para uma ida ao intervalo sem gols, os visitantes “aprontaram”.

Em batida de falta pela direita, o goleiro Subasic, do Monaco, até evitou o gol em um primeiro momento. No entanto, no rebote da forte cabeçada adversária, pela qual não conseguiu segurar ou espalmar para longe, viu Cedric Varrault completar para o gol e abrir o placar.

No segundo tempo, ciente do prejuízo atuando em casa, no estádio Louis II, o Monaco foi todo ataque. Com a posse de bola de 65% no período, mais a entrada de Falcao García, conseguiu a virada.

Aos 24 minutos, o atacante colombiano encontrou no talento individual o jeito para furar o bloqueio do Dijon, que só se defendia pelo placar construído. Em falta de média distância, acertou o travessão. A bola ainda pingou, tocou nas costas do goleiro Reynet e não cruzou a linha. Nabil Dirar, atento, completou e empatou a partida.

O segundo gol veio aos 36 minutos, novamente com o talento do colombiano. Desta vez, Falcao acertou o pé e virou a partida com falta batida praticamente da mesma região da primeira. A bola foi no ângulo do lado do goleiro, o esquerdo. Reynet apenas observou ela balançar as redes. Sem forças, o Dijon não conseguiu oferecer perigo aos líderes e amargou mais uma derrota.

Nice vence Nancy por 3 a 1 e se garante na próxima Liga dos Campeões                                  

O Nice segue na cola dos líderes do Campeonato Francês, Paris Saint-Germain e Monaco. Abrindo os jogos deste sábado, a equipe venceu o Nancy por 3 a 1, em casa, pela 33ª rodada, e continua na briga pelo título nacional. A vitória, além de manter o sonho vivo, garantiu a vaga na próxima Liga dos Campeões. Agora com 73 pontos, o time não pode mais ser alcançado pelo Lyon, que tem 54 atualmente e se ganhar todas até o final chega aos 72 – o quarto colocado tem seis partidas a disputar.

Sem Mario Balotelli, suspenso, e com Dante fazendo dupla de zaga com Dalbert, a equipe de Nice saiu atrás do marcador e conseguiu a virada na segunda etapa. Os visitantes abriram o placar aos 26 minutos do primeiro tempo, com gol de Dalé. Nove minutos depois, Le Bihan foi quem empatou. Seri, na volta do intervalo, marcou dois e garantiu os três pontos: aos seis, de pênalti, e aos 39, garantindo a vitória dos mandantes.

No próximo fim de semana, o Nice visita o Toulouse, enquanto o Nancy, na 17ª posição, com 31 pontos, tenta a recuperação em casa, contra o Olympique de Marselha.

Confira os resultados deste sábado pelo Campeonato Francês:

Monaco 2 x 1 Dijon

Nice 3 x 1 Nancy

Guingamp 2 x 1 Toulouse

Metz 2 x 2 Caen

Montpellier 2 x 0 Lorient

Rennes 2 x 0 Lille