Facincani detona postura da CBF e rasga papel ao vivo: 'Acha que é a dona do universo'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O comentarista Felippe Facincani criticou duramente a CBF pela manutenção de jogos durante o grave momento da pandemia do novo Coronavírus no Brasil. Relembrando a postura da Confederação na construção do calendário do futebol em 2020, ele afirmou que os dirigentes não tem preocupação com as vidas, e sim com o lado financeiro.


>> Veja a tabela do Campeonato Paulista


- Você viu o que eles trataram a primeira grande onda da pandemia com o calendário do futebol brasileiro? Você acha que eles tem preocupação com a vida das pessoas e com as sanidade dos outros? Zero! Se eles precisarem cavalar mais um campeonato de 38 rodadas, com Paulista, com 150 jogos em três meses, vão fazer. Eles não tem qualquer compromisso com a vida das pessoas, o compromisso deles é com o bolso e ponto final - disse Facincani nesta tarde no programa "Bate Bola Debate", da ESPN Brasil.

O comentarista ainda pegou um papel em que ele retrata o "universo" e rasgou ao vivo explicando como a CBF se comporta.

- Existe o Mundo, dentro do Mundo as pessoas com o Covid, e olha onde está o futebol? Completamente longe, pra lá de Plutão. O que CBF fez? A CBF são as minhas mãos. O que ela fez com tudo isso (Facincani começou a rasgar o papel). A CBF acha que é a dona do universo - completou.

A CBF e a Federação Paulista de Futebol (FPF) confirmaram, nesta terça-feira, a realização de partidas do Campeonato Paulista em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.