Fabrizio Gallas: 'ATP lidera decisão correta ao punir Wimbledon'

AELTC


A Associação dos Tenistas Profissionais, que cuida do ranking masculino, puniu Wimbledon retirando todos os pontos da edição deste ano do torneio. O motivo: o banimento do torneio aos russos e bielorrussos.
Decisão correta ao meu ver. Os jogadores dos respectivos países não tem nada a ver com o que o presidente de seu país faz e não podem ser punidos . Estariam eles prejudicados também caso houvessem pontos no torneio . Existem muitas guerras pelo mundo. Imagina se cada torneio impedisse atletas de países em guerra pelo que seus governantes ou ditadores fazem ? Seriam vários países com atletas punidos e iria contra o circuito que é mundial.

Agora vamos ao que interessa. O que isso pode implicar ?

Primeiro é preciso confirmar se haverá ou não descarte. A ATP ainda não deixou claro, mas é de se imaginar que os pontos serão congelados para 2023 e jogadores como Djokovic, por exemplo, não percam os 2000 conquistados em 2021. Seria a lógica.
O que vai ocorrer é uma boicote de outros tenistas que não curtem muito a grama. Aquela galera do saibro.

Em contrapartida, a grana que Wimbledon deve oferecer é alta, então aquele jogador ali pelos 80, 90 do mundo que depende do dinheiro do prize money de um Slam não vai querer deixar de jogar.
E o caso de Nadal e Djokovic ? O espanhol já revelou que o número 1 não é prioridade para ele. Só que está em jogo a disputa dos Slams. Vai depender do que rolar em Paris. Se ele vai e vencer Roland Garros, fica com uma gordurinha na briga com Djoko. Se o sérvio vencer na França, aí pode ser que ele faça um esforço.

O debate está aberto, teremos opiniões divergentes. Certamente quem gosta de jogar no piso não deve ter ficado muito satisfeito.
Ainda resta tempo para que a organização do torneio mude de opinião. Basta que os atletas façam pressão.

Teremos semanas quentes no circuito!

Meu instagram: @fabriziogallas

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos