Fabrício Bruno fala da saída do Cruzeiro e defende Thiago Neves

Valinor Conteúdo
LANCE!


O ex-zagueiro do Cruzeiro e atualmente no Red Bull Bragantino, Fabrício Bruno, falou à Rádio Jovem Pan sobre os motivos de ter deixado a Raposa, no último dia 14 de janeiro após um acordo entre as partes, encerrando uma briga judicial para que o jogador se desvinculasse do time azul de forma indireta.

-Foi uma situação muito difícil se tratando do clube que me revelou, que me apresentou para o futebol nacional. Mas algumas decisões precisam ser tomadas pelo lado profissional, pensando na minha carreira, na minha família. Confesso que foi muito difícil, mas hoje me sinto aliviado pela situação que eu me propus. Conversei com a minha família e vi que era o que tinha que ser feito. Fico triste, mas é uma decisão pessoal, não profissional- disse.

A ação que Fabrício Bruno tinha contra a Raposa na Justiça cobrava o clube por causa de atrasos em salários, direitos de imagem, 13º, férias e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o que daria perto de R$ 3,5 milhões. Todavia, com o acordo, o jogador, que foi revelado na base estrelada abriu mão dos atrasados e a Raposa ficou ainda com 25% dos seus direitos econômicos.




-É triste a situação do Cruzeiro. Infelizmente, foi levantada essa questão se eu sou ou não cruzeirense. Quem me conhece sabe que eu sou. São coisas que acontecem de errado que um dia conta chega. Mesmo estando de longe, torço para o sucesso do clube. Não guardo mágoa. Estarei sempre acompanhando os jogos. Torço para o sucesso do clube. Que volte ao lugar que não deveria ter saído- explicou.

Defesa de Thiago Neves

Na mesma entrevista, Fabrício Bruno falou de um dos personagens mais controversos do Cruzeiro nos últimos tempos: o meia Thiago Neves, que deixou o clube via Justiça do Trabalho, acertando com o Grêmio.

O zagueiro saiu em defesa do meia, que já se envolveu em polêmica no Grêmio ao ser visto durante o Carnaval após a derrota do Tricolor para o Caxias na decisão do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Fabrício Bruno disse que Neves é uma pessoa do bem "é uma pessoa do bem".

-O Thiago eu não tenho nem palavras. O tanto que ele me ajudou, o quanto ele fez eu ser a pessoa que eu sou. Muita gente que critica não sabe de verdade a pessoa que é o Thiago. Muita gente critica porque ele foi do céu ao inferno em questão de segundos. Thiago é meu amigo pessoal, conheço a índole, sei que ele é do bem. Enfim, vários jogadores não tiveram um bom momento. Depois de tudo que aconteceu, liguei para ele e falei que ele não é essa pessoa ruim que todo mundo pensa. Ele não estava lá para prejudicar o clube ou os atletas-contou.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também