Fabiano destaca qualidade do elenco palmeirense e prevê sequência difícil

Titular da lateral direita do Palmeiras na partida contra o Mirassol, na quarta-feira, Fabiano terá uma sequência entre os 11 iniciais por causa da lesão de Jean, que desfalcará o time por duas semanas. O jogador também passou por momentos difíceis ao lesionar o músculo posterior da coxa direita, no mês passado.

Inicialmente, Fabiano precisaria de seis meses de recuperação, mas conseguiu ter condições de jogo com quatro. O lateral palmeirense exaltou o trabalho do departamento médico do clube e mostrou confiança na sequência do Palmeiras, que terá pela frente as quartas de final do Campeonato Paulista e compromissos importantes pela fase de grupos da Libertadores.

“Me recuperei bem, agradeço ao departamento médico. Era previsto seis semanas e com quatro tive oportunidade de jogar. Agora é dar continuidade. Em abril vamos ter jogos importantes. A preparação já está acontecendo. As vitórias vão dando confiança ao elenco. Todo mundo que está tendo oportunidade está aproveitando. Vamos entrar fortes”, declarou.

 

 

A avaliação otimista de Fabiano tem como base a qualidade do elenco alviverde, apontado como um dos melhores do Brasil. O dono da camisa 22 do Palmeiras vê o time apresentando um padrão, mesmo quando a equipe entra em campo sem todos os titulares, como aconteceu no clássico contra o São Paulo.

“Jean é muito regular, é importante para dar confiança ao treinador. Todo mundo está bem focado, se preparando bem. Mesmo contra o São Paulo tivemos mudanças na equipe e conseguimos manter qualidade e padrão de jogo. Isso dá confiança ao professor. Quem for chamado vai dar conta do recado. É uma boa dor de cabeça para o Eduardo, essa competitividade forte e a qualidade do elenco fazem com que o treinador tenha tranquilidade para trabalhar”, afirmou.

Ciente da sequência de jogos que está por vir, Fabiano prevê uma cobrança maior por bons desempenhos dentro de campo e por resultados positivos. O lateral vê o Palmeiras como o time a ser batido e alerta para a necessidade de a equipe ter alternativas para enfrentar as diferentes circunstâncias das partidas.

“Importante conseguir passar pelos jogos difíceis, mas sabemos que a cobrança só vai aumentar. Vamos entrar em abril com uma sequência mais difícil. A cobrança vai aumentar, a dificuldade também. Vamos ser exigidos. Todo mundo quer ganhar do Palmeiras. Precisamos nos preparar mais para ter alternativas nos jogos”, concluiu.

*Especial para a Gazeta Esportiva