Fabi relembra preconceito contra seleção feminina de vôlei: 'Minha geração viveu isso'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Fabi falou sobre preconceito contra seleção feminina de volei nos anos 2000 (Foto: Divulgação)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Um dos principais nomes do Brasil na história do vôlei, Fabi Alvim revelou que nem tudo foram glórias durante a carreira. Em entrevista ao podcast 'Bel e as Feras', a ex-líbero disse que havia grande preconceito contra a seleção feminina. A ex-atleta disse que o público desvalorizava as mulheres na modalidade e as comparavam com os homens no esporte.

+ Nadine Gonçalves, mãe de Neymar, compra mansão de R$ 14 milhões no Rio; veja fotos

- Pensando lá de trás, existem todo um preconceito baseado na exclusão das mulheres de ter esse direito de participar de grandes competições. A minha geração viveu um pouco da desconfiança por conta de algumas derrotas pontuais, aquelas derrotas onde as pessoas aproveitam para despejar todo o preconceito, seja do ponto de vista das mulheres ou racial - disse Fabi.

+ Com gol de Vini Jr, Galvão Bueno narra gol do hexa da Seleção Brasileira em palestra; confira

- A seleção em 2004, quando foram os Jogos Olímpicos de Atenas, perdeu para a Rússia de uma forma bastante difícil de explicar, né? Chegou a estar 24 a 19, o Brasil precisava fazer um ponto para estar pela primeira vez na história na final olímpica, e a Rússia consegue uma virada e assim, foi horrível, uma derrota que é realmente difícil de explicar - completou a bicampeã olímpica em 2008 e 2012.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos