F2: Shwartzman vence no Bahrein; Schumacher avança para título e Piquet perde pódio no final

Redação Motorsport.com
·3 minuto de leitura

Neste domingo a F2 realizou a corrida sprint da etapa do Bahrein e teve o russo Robert Shwartzman dominante, vencendo com tranquilidade. Ele superou seu compatriota Nikita Mazepin com uma diferença superior a cinco segundos. O suíço Louis Deletraz completou o pódio.

Mas, se para a decisão da corrida tudo ocorreu tranquilamente, a briga pelo título pegou fogo. Mick Schumacher, que viu a diferença para Callum Ilott diminuir para 12 pontos no sábado, pode agora respirar um pouco mais aliviado, após finalizar na sétima posição.

Leia também:

Exaltado por Ilott, Drugovich fala de sua "melhor vitória" na F2

Na oitava volta, Ilott, em sexto, estava uma posição atrás de Mick, mas tentou manobrar sobre o alemão e também sobre Jeahn Jaruvala de uma vez na chicane. Ele acabou acertando o indiano e ambos acabaram abandonando. Schumacher, que estava no meio da manobra, conseguiu se livrar.

Outro momento marcante envolveu o brasileiro Pedro Piquet. Na confusão citada acima, ele conseguiu dar o bote sobre Schumacher e chegou à quarta posição. Na 12ª volta, ele ultrapassou Marcus Armestrong e chegou ao terceiro posto, o que lhe daria seu primeiro pódio na F2. Mas, na penúltima volta, Piquet teve problemas em seu carro e teve que abandonar.

Felipe Drugovich, vencedor da corrida de sábado, foi o melhor brasileiro da prova, em oitavo. Guilherme Samaia abandonou pouco antes de Piquet e também não completou.

Com os resultados, Schumacher tem 205 pontos, contra 191 de Ilott. Faltam apenas duas corridas, ambas no circuito alternativo de Sakhir no próximo fim de semana, e, portanto, um máximo de 48 pontos podem ser marcados (4 da pole, 25 da vitória na corrida principal, 15 da vitória na corrida sprint e 2 por volta mais rápida em cada uma das duas corridas).

Drugovich se manteve em nono, Piquet é o 21º e Samaia ainda não pontuou.

Resultado:

1

Russian Federation

Robert Shwartzman

Italy

Prema Powerteam

43'15.992

2

Russian Federation

Nikita Mazepin

United Kingdom

HitechGP

43'21.275

3

Switzerland

Louis Deletraz

Czech Republic

Charouz Racing System

43'22.464

4

New Zealand

Marcus Armstrong

France

ART Grand Prix

43'26.647

5

China

Guan Yu Zhou

United Kingdom

RUSSIAN TIME

43'31.125

6

Denmark

Christian Lundgaard

France

ART Grand Prix

43'34.556

7

Germany

Mick Schumacher

Italy

Prema Powerteam

43'36.733

8

Brazil

Felipe Drugovich

Netherlands

MP Motorsport

43'39.502

9

Israel

Roy Nissany

Italy

Trident

43'41.344

10

Russian Federation

Artem Markelov

Germany

HWA AG

43'47.142

11

Japan

Marino Sato

Italy

Trident

43'47.840

12

United Kingdom

Dan Ticktum

France

DAMS

43'55.816

13

France

Giuliano Alesi

Netherlands

MP Motorsport

43'59.896

14

Indonesia

Sean Gelael

France

DAMS

44'00.419

15

Japan

Yuki Tsunoda

United Kingdom

Carlin

44'05.140

16

United Kingdom

Callum Ilott

United Kingdom

RUSSIAN TIME

44'19.455

United Kingdom

Jack Aitken

Spain

Campos Racing

41'50.160

Brazil

Guilherme Samaia

Spain

Campos Racing

43'15.266

Brazil

Pedro Piquet

Czech Republic

Charouz Racing System

39'43.028

Italy

Luca Ghiotto

United Kingdom

HitechGP

14 laps

India

Jehan Daruvala

United Kingdom

Carlin

16 laps

France

Théo Pourchaire

Germany

HWA AG

18 laps

Ver resultados completos

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 2020: Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema; entenda

PODCAST: Domínio da Mercedes tira mérito de Hamilton em suas conquistas?

Your browser does not support the audio element.