F1: Williams confirma permanência de Russell após "confusão" em Portugal, fechando porta para Pérez

Luke Smith
·3 minuto de leitura

Depois de uma confusão criada na coletiva para o GP de Portugal de Fórmula 1, o chefe interino da Williams, Simon Roberts, confirmou a permanência de George Russell na equipe em 2021, encerrando os rumores de uma possível substituição por Sergio Pérez.

A Williams havia anunciado em julho que Russell e Nicholas Latifi seriam mantidos como pilotos da equipe para 2021, antes da venda para a Dorilton Capital. E a saída de Claire como chefe de equipe confirmou o afastamento da família do esporte.

Leia também:

F1: Confira como está o grid de 2021 após renovações de Gasly, Raikkonen e Giovinazzi F1: Alfa Romeo confirma Raikkonen e Giovinazzi para 2021 Título de construtores, 'vida' de Albon e cia: o que está em jogo no GP em Ímola

Sergio Pérez, que segue em busca por uma vaga na grid após a ter a saída da Racing Point confirmada, surgiu como um candidato para a vaga de Russell nas últimas semanas, principalmente pelo aporte financeiro que traria, algo que seria interessante para os planos futuros da Dorilton para a equipe.

Apesar de Russell ter dito anteriormente que não se preocupava sobre seu futuro, Roberts, que assumiu no lugar de Claire Williams de modo interino, se recusou a confirmar a permanência de sua dupla de pilotos para 2021.

Mas Roberts tratou de resolver a "confusão" criada ao confirmar na coletiva para o GP da Emilia Romagna, que Russell e Latifi seguirão como pilotos para 2021.

"Peço desculpas pela confusão criada na semana passada", disse Roberts. "Não queríamos falar sobre a situação dos pilotos. Mas, como George disse, Claire [Williams] fez o anúncio mais cedo no ano, e isso não mudou".

"Essa é a nossa dupla para este e o próximo ano. Estamos felizes com eles e mal podemos esperar para seguir trabalhando com eles".

Na semana passada, Russell disse que a Williams deveria clarificar a situação nesta semana após conversar com os novos donos, acreditando que os rumores haviam sido "alimentados pelo pessoal de Pérez".

"Nunca é bom ouvir especulações de que sua vaga não está garantida", disse Russell. "Mas, mesmo assim, tinha confiança de que tinha a performance na pista e poderia resolver fora dela também. Como Simon disse, estava confiante que nada mudaria, mesmo com a especulação".

Isso fecha oficialmente outra vaga para Pérez seguir no grid em 2021, deixando a Red Bull como sua única opção realista para uma vaga. A equipe austríaca está olhando para fora de sua Academia caso opte por substituir Alex Albon, com o mexicano e Nico Hulkenberg sendo os candidatos.

Apesar da Haas ainda não ter anunciado seus pilotos para 2021, há a expectativa da equipe assinar com dois novatos, os pilotos da F2 Nikita Mazepin e Mick Schumacher.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Norris ironiza e diminui recorde de Hamilton, mas volta atrás e pede desculpas; entenda a polêmica

PODCAST: É bom negócio ser companheiro de Max Verstappen na Red Bull?

Your browser does not support the audio element.