F1: Verstappen culpa Grosjean por resultado no TL2 da Grã-Bretanha

motorsport.com

Piloto holandês da Red Bull, Max Verstappen foi apenas o 14º colocado no segundo treino livre para o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1, pouco tempo depois de liderar a sessão prática inaugural em Silverstone.

Romain Grosjean, Haas VF-20, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Romain Grosjean, Haas VF-20, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16 <span class="copyright">Mark Sutton / Motorsport Images</span>
Romain Grosjean, Haas VF-20, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16 Mark Sutton / Motorsport Images

Mark Sutton / Motorsport Images

“Fui bloqueado na minha volta rápida", disparou o incomodado Verstappen, afirmando que fazia seu giro mais veloz da segunda sessão prática no momento em que foi atrapalhado pela Haas de Grosjean.

"Depois, passei para simulações de corrida, e, por isso, não marquei um bom tempo", explicou o holandês, que também perdeu tempo de pista em função da bandeira vermelha ocasionada pelo acidente de seu companheiro anglo-tailandês Alexander Albon.

Verstappen, porém, viu o lado bom: “Não foi um dia ruim para nós. Continuamos a nos desenvolver e a introduzir novos componentes no carro, e eles pareceram funcionar bem. Então estou feliz com isso e com minha pilotagem.”

“É claro que ainda há algumas coisas a melhorar, não sabemos o que os outros vão fazer. Vamos continuar a trabalhar, mas no geral o carro pareceu melhor. Veremos onde realmente estamos na classificação”, concluiu o segundo colocado do GP da Hungria.

SEXTA-LIVRE: Racing Point e RBR se destacam na volta de Hulk à F1 na Grã-Bretanha

.

Leia também