F1: Veja a matemática para o hepta de Hamilton no GP da Turquia

Redação Motorsport.com
·2 minuto de leitura

Hexacampeão da Fórmula 1, recordista de vitórias da categoria máxima do automobilismo e líder disparado da temporada 2020, Lewis Hamilton pode conquistar seu sétimo título mundial já no próximo domingo, no GP da Turquia.

O editor recomenda:

TV: Confira todos os horários e onde assistir ao GP da Turquia de F1 F1 divulga calendário de 2021 com GP do Brasil em São Paulo ANÁLISE: A F1 está sendo ambiciosa demais ao anunciar um calendário de 23 provas?

Mas o que o piloto britânico da Mercedes precisa fazer para igualar o número de conquistas do alemão Michael Schumacher na elite do esporte a motor? É o que o Motorsport.com mostra na tabela abaixo:

Se Valtteri Bottas for:

Hamilton precisa do seguinte:

1º SEM volta mais rápida

Terminar em 2º com ou sem volta mais rápida

2º COM volta mais rápida

Terminar em 4º ou em melhor posição

2º SEM volta mais rápida

Terminar em 5º com volta mais rápida ou em melhor posição

3º COM volta mais rápida

Terminar em 5º ou em melhor posição

3º SEM volta mais rápida

Terminar em 6º com ou sem volta mais rápida ou em melhor posição

4º COM volta mais rápida

Terminar em 7º ou em melhor posição

4º SEM volta mais rápida

Terminar em 8º com volta mais rápida ou em melhor posição

5º COM volta mais rápida

Terminar em 8º ou em melhor posição

5º SEM volta mais rápida

Terminar em 9º com volta mais rápida ou em melhor posição

6º COM volta mais rápida

Terminar em 9º ou em melhor posição

6º SEM volta mais rápida

Terminar em 10º com ou sem volta mais rápida ou em melhor posição

Assim, caso Valtteri Bottas termine em sétimo e não faça a volta mais rápida, o título ficará com seu companheiro de Mercedes. Por outro lado, se o finlandês vencer e fizer o giro mais veloz, Hamilton não é campeão.

A MATEMÁTICA DO TÍTULO (OU NÃO)

A vantagem atual de Hamilton sobre Bottas é de 85 pontos (282 x 197), de modo que o britânico precisa terminar o próximo domingo com uma 'gordura' de 79 pontos ou mais em relação o companheiro para ser heptacampeão. Tal cálculo se deve ao fato de que, caso o finlandês vença todas as três provas seguintes com direito a volta mais rápida, ele poderá somar 78 pontos.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton despista sobre Rosberg, analisa Bottas e ‘esquece’ Alonso; assista e entenda

PODCAST: O calendário 'pós-pandemia' da F1 2021 é o mais correto? Ouça o debate

Your browser does not support the audio element.

.