F1: Tendas substituirão motorhomes no paddock do GP da Áustria devido a redução de equipes e normas de distanciamento social

Jonathan Noble
motorsport.com

O paddock da Fórmula 1 deverá ser bem diferente a partir da semana que vem, com o GP da Áustria. Os clássicos motorhomes serão substituídos por tendas e toldos, com os caminhões das equipes ficando mais longe das garagens.

A mudança faz parte do esforço da F1 de reduzir o número de pessoas necessárias para as equipes nos GPs. Com isso, os motorhomes, símbolos das provas europeias da categoria, não estarão presentes.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Wolff admite desafio com novo teto da F1: "Será muito difícil entender como escalar essa montanha"Red Bull e Ferrari analisam impacto dos novos protocolos de segurança nas atividades da F1Giovinazzi comenta sobre a possibilidade de três GPs na Itália: "Seria muito legal, sou um grande apoiador"

A construção e transporte das estruturas dos motorhomes necessita de um grande número de funcionários, e a categoria sentiu que será melhor para as equipes usar as estruturas dos circuitos.

A falta dos motorhomes significa que haverá mais espaço para uma reestruturação do paddock, com as equipes de acordo com os caminhões, que geralmente ficam próximos das portas das garagens, sendo movidos para mais longe.

Com isso, as equipes irão construir tendas e toldos na parte de trás dos pits, que podem ser usados como espaço extra para garantir o cumprimento das normas de distanciamento.

Em um vídeo explicando como que a Mercedes está lidando com o desafio das restrições causadas pelo coronavírus nas corridas, Karl Fanson, chefe das logísticas de corrida da equipe, explicou como que as coisas serão diferentes nesse ano.

"Não vai ser a mesma estrutura que normalmente temos nas corridas europeias, porque não teremos motorhomes", disse. "Em um acordo com a F1, o que conseguimos fazer é levar os caminhões para mais longe da garagem e vamos fornecer as nossas próprias tendas".

"Isso nos dará mais espaço para trabalhar dentro da garagem. Será mais fácil para manter o distanciamento enquanto trabalhando com conforto".

As equipes também terão que mudar seus procedimentos para lidar com fornecedores de fora no paddock, de forma que minimize o risco de infecção.

Fanson explicou que entrega de itens de fora da fábrica terão que ser recolhidos longe do paddock, enquanto o acesso a combustível e pneus será diferenciado.

"Normalmente, o combustível é entregue para nós na garagem e mandamos alguém para a Pirelli pegar os pneus. Agora, haverá um ponto de entrega para o combustível, e os pneus também seguirão isso. Nosso pessoal vai até esse local pegar os pneus, e vice-versa".

"Quando terminarmos de usar os pneus, levamos de volta, e a Pirelli vai recolhê-los assim que deixarmos o espaço".

Raio-X de Hamilton: veja a metamorfose e as histórias inéditas do maior piloto da F1 na atualidade

PODCAST: F1 pronta para volta! Sérgio Sette Câmara explica como será protocolo detalhado

Your browser does not support the audio element.

Leia também