F1: Red Bull anuncia a contratação de Pérez para a temporada 2021

Redação Motorsport.com
·3 minuto de leitura

Após o encerramento da temporada 2020 da Fórmula 1 com o GP de Abu Dhabi, no domingo, a Red Bull resolveu acabar com o mistério e confirmou quem será o companheiro do holandês Max Verstappen no ano que vem: Sergio Pérez, que venceu o GP de Sakhir recentemente.

O piloto mexicano estava na Racing Point até o fim do campeonato de 2020, mas foi dispensado pela equipe, que se tornará Aston Martin, para abrir vaga para o alemão Sebastian Vettel - este deixou a Ferrari após correr pelo time de Maranello desde 2015.

Leia também:

Revista de propriedade da Red Bull relata chegada de Pérez à equipe Vettel diz que Leclerc é "o maior talento da F1 em 15 anos" FIA ajusta regra de pneus após incidente de Russell no GP de Sakhir

Assim, com a insatisfação da Red Bull em relação ao desempenho do anglo-tailandês Alexander Albon, parceiro de Verstappen desde o fim de 2019, o caminho ficou aberto para a contratação de Pérez.

O mexicano, porém, teve que superar a concorrência de alguém além de Albon: o alemão Nico Hulkenberg, que deixou a Renault no fim de 2019 e correu dois GPs pela Racing Point como substituto em 2020.

O primeiro deles foi na vaga do próprio Pérez, em Silverstone, na Grã-Bretanha, e o outro foi na Alemanha, em Hockenheim, no carro do canadense Lance Stroll, que acabou contraindo o coronavírus.

Hulkenberg era bem avaliado pelo consultor de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, e era o nome de preferência de Verstappen, mas os desempenhos recentes de Pérez viraram o jogo para o mexicano.

Assim, o piloto consegue uma vaga no grid para 2021, após cogitar um ano sabático caso não conseguisse convencer a RBR de sua contratação. Grande 'vitória' para o latino-americano, que vive sua melhor fase logo depois de ter sua dispensa anunciada pela Racing Point. Pérez, porém, não se abateu e seguiu consistente em 2020, conquistando seu primeiro triunfo na F1 no GP de Sakhir, no traçado externo do circuito do Bahrein.

A informação da contratação de Pérez já era inclusive adiantada durante a quinta-feira (17) pela imprensa holandesa, incluindo uma publicação de propriedade da Red Bull, que falava sobre a chegada iminente do mexicano.

Já Albon, que foi promovido à Red Bull no GP da Bélgica de 2019 após estrear na categoria pela Toro Rosso no mesmo ano, vai para o banco de reservas, assumindo a dupla função de piloto reserva e detestes para a temporada 2021. O anglo-tailandês conquistou somente dois pódios em 2020, nos GPs de Toscana e Bahrein.

Apesar de ter recebido todo o apoio possível de Christian Horner e Helmut Marko para provar que merecia seguir ao lado de Max Verstappen pela terceira temporada consecutiva, a cúpula da marca austríaca acabou optando pelo mexicano.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

EXCLUSIVA COM LECLERC: Saiba como admiração de pai de piloto por Senna influenciou estrela da F1

PODCAST: Como ficará marcada a temporada de 2020 da F1?

Your browser does not support the audio element.