F1: Pérez diz que é "doloroso" perder pódio para Ricciardo após parada "que não fez sentido"

Luke Smith
·3 minuto de leitura

Sergio Pérez afirmou que foi "doloroso" perder um pódio no GP da Emilia Romagna da Fórmula 1 neste domingo (01) devido à escolha da equipe de fazer um pit stop durante o safety car, entregando a posição de bandeja para Daniel Ricciardo.

Pérez largou em 11º em Ímola, mas fez uma boa largada, ultrapassando seis carros com um primeiro stint longo com pneus médios, colocando-o em quarto antes de seu pit stop. Na volta, estava com oito segundos de vantagem para Daniel Ricciardo quando Verstappen teve o furo no pneu.

Leia também:

Hamilton aproveita safety car virtual e vence GP da F1 em Ímola; Mercedes é hepta de construtores Wolff chama hepta e recorde de "momento de muito orgulho", mas afirma que equipe pode ir além F1: Bottas revela que peça quebrada de Vettel afetou seu assoalho no GP

Com o safety car, a equipe optoiu por parar o mexicano novamente, enquanto Ricciardo, Charles Leclerc e Alex Albon seguiram na pista com pneus duros. Na relargada, Pérez ainda perdeu uma posição para Daniil Kvyat e não conseguiu passar Leclerc nas seis voltas finais, terminando apenas em sexto.

Após a corrida, Pérez disse que o segundo pit stop "não fez sentido" naquele momento.

"A chamada foi muito tardia, mas é sempre mais fácil escolher a decisão ideal após a corrida. As ultrapassagens hoje eram muito difíceis. Eu ainda não falei com a equipe. Eles devem ter suas razões para isso".

"É um dia doloroso, porque tínhamos um pódio no bolso. É difícil de digerir. Acho que eles estão tão desapontados quanto eu no momento. Como uma equipe, vencemos e perdemos juntos. Olhando agora, foi a decisão errada".

Pérez sentiu, apesar de tudo, que a equipe tem muitos pontos positivos para tirar de sua performance, mas destacou a situação de sua principal rival na luta pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores, a Renault, que foi ao pódio novamente com Ricciardo.

"Apesar dos negativos, temos muitos positivos. O primeiro stint foi tremendo, grande estratégia, ótimas decisões. Nos colocamos em uma boa posição para o pódio. Mas sim, foi um dia doloroso, para o campeonato também contra nossa competição, já que basicamente demos o pódio ao Ricciardo".

A Racing Point foi de terceiro para quinto no Mundial, perdendo posições para a Renault e a McLaren, que teve seus dois pilotos pontuando, com Carlos Sainz em sétimo e Lando Norris em oitavo.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: A vitória de Hamilton, o hepta da Mercedes e a confusão no final do GP da Emilia Romagna

PODCAST: É bom negócio ser companheiro de Max Verstappen na Red Bull?

Your browser does not support the audio element.

.