F1: McLaren mantém novo pacote de aerodinâmica após testes na sexta

Adam Cooper
motorsport.com

trouxe um novo pacote de atualizações em aerodinâmica, especificamente novas versões do assoalho e das asas dianteira e traseira, visando melhorar a performance em curvas de baixa. E depois de um resultado satisfatório na sexta, as atualizações serão mantidas.

A alta temperatura da pista e as rajadas de vento tornaram difícil a acumulação de dados sobre as peças. Porém, o chefe da equipe, Andreas Seidl, disse que o veredito geral é que elas mudaram a performance. Sainz foi sexto no TL2.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Chefe da Racing Point esclarece questão de cláusula de saída de PérezMercedes bota ordem na casa e Bottas lidera TL3 em Silverstone antes da classificaçãoSem Pérez, F1 terá recorde de quase 51 anos quebrado em Silverstone

"Tivemos um programa de teste como queríamos, então agradeço a equipe pelo esforço de voltar para casa nas últimas semanas para finalizar esse pacote".

"Fizemos testes no TL1, que conseguimos completar. E pelas análises que conseguimos fazer, tivemos um bom sinal de que estamos indo na direção correta. É importante ter essa correlação entre o que vemos no túnel de vento e aqui na pista. Ao mesmo tempo, não foi um dia fácil por causa das rajadas de vento".

"Não é o cenário ideal quando precisamos fazer comparações com medidas exatas, porque os passos dados são tão pequenos que, em um mundo ideal, você quer condições de laboratório".

"Mas, mesmo assim, completamos o programa e, em adição a algumas mudanças no carro na área técnica para a segunda sessão, acredito que estávamos dentro da performance esperada".

"Os pilotos não estão totalmente felizes com o carro, especificamente o balanço. Mas, ao mesmo tempo, precisamos ter cuidado com essas condições de vento além da pista quente para termos certeza que vamos tirar a leitura correta".

Racing Point e Red Bull lideram, Hulkenberg vive saga para voltar à F1 e Drugovich é pole na F2

PODCAST: Bastidores do futuro do GP do Brasil e os ambientes de F1 favoritos de Reginaldo Leme

Your browser does not support the audio element.

Leia também