F1: Hamilton faz uma análise da temporada 2020 de Bottas; confira

Luke Smith
·3 minuto de leitura

Heptacampeão mundial da Fórmula 1 após conquistar seu sétimo título da categoria na temporada 2020, ao bater o companheiro Valtteri Bottas com facilidade, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, não crê que o finlandês precise se defender de críticas por este ano.

Segundo Hamilton, Bottas fez uma “grande exibição” de sua personalidade e de seu caráter em 2020. O finlandês até terminou como vice-campeão, mas foi alvo de críticas de fãs e jornalistas, especialmente na parte final da temporada, por não bater de frente com o companheiro.

O editor recomenda:

Leclerc nega arrogância e fala de Verstappen: "Não nos suportávamos" F1: Vettel omite Binotto de lista de 'notáveis' em período na Ferrari; veja os nomes F1 e Amazon negociam transmissão de GPs por streaming; saiba mais

O britânico venceu 11 corridas a caminho de seu sétimo título mundial, enquanto Bottas conseguiu reivindicar apenas duas vitórias, deixando-o a distantes 124 pontos do heptacampeão mundial na classificação do campeonato.

De todo modo, os pontos fortes do finlandês foram constantemente exaltados por Hamilton, que tem o piloto como 'parceiro' desde a temporada 2017. O finlandês chegou ao time após a aposentadoria do alemão Nico Rosberg, que se retirou da F1 após ser campeão em 2016.

Questionado pelo Motorsport.com sobre o quão impressionado ficou com as performances de Bottas neste ano, Hamilton disse que não sabia “quantas palavras bonitas" poderia dizer "sobre o Valtteri”.

“Não acho que Valtteri precise defender seu desempenho e não sinto que eu preciso fazê-lo por ele. Acho que ele continuou a trabalhar e definitivamente tivemos classificações muito, muito próximas, principalmente neste ano."

“Como eu disse antes, nunca é fácil ter companheiros de equipe fortes. É uma batalha constante, tanto mentalmente quanto emocionalmente ao longo do ano. O que é realmente ótimo conosco é que lutamos muito na pista, mas quando estamos do lado de fora, conseguimos manter uma relação de trabalho cavalheiresca, e acho que é uma grande demonstração de sua personalidade e de seu caráter como homem."

“Eu sei que no próximo ano ele dará ainda mais passos, então eu tenho que trabalhar de uma maneira e descobrir como posso encontrar um pouco mais de velocidade para o próximo ano", completou Hamilton.

Bottas conquistou cinco pole positions ao longo da temporada 2020, mas converteu a posição de honra grid de largada em triunfo apenas no GP da Áustria, vencido pelo finlandês na abertura do campeonato.

O finlandês já admitiu que terminar em segundo na classificação “não pode ser tão satisfatório” e reconheceu em evento de premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) que seu ano foi “um pouco misto”.

“É claro que não atingi minhas metas para o ano em termos de resultados”, disse Bottas. “Mas agora, olhando para o quadro geral, há muitas coisas positivas e muitas outras lições aprendidas sobre como pilotar e sobre mim mesmo. É tudo o que posso carregar para o próximo ano e realmente transformar isso em uma força e tentar novamente", afirmou o ex-Williams.

'CAUSOS' de RICCIARDO com Marko e cia na palavra de Cesar Ramos, destaque da Ipiranga na Stock 2020

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Quem brilhou e o que de melhor aconteceu na temporada 2020 da F1?

Your browser does not support the audio element.

.