F1: Hamilton elege exibição no GP da Turquia como a melhor de 2020

Luke Smith
·3 minuto de leitura

Lewis Hamilton acredita que a vitória no GP da Turquia foi a que teve a sua melhor exibição na temporada de 2020 da F1.

O inglês igualou o recorde de títulos de Michael Schumacher - sete - após uma campanha dominante que o viu vencer 11 das 16 corridas que participou.

Leia também:

Trulli: Hamilton e Schumi são multicampeões por causa dos carros F1: Hamilton faz uma análise da temporada 2020 de Bottas; confira Rosberg: Hamilton é "de outro planeta", mas Schumi foi mais completo

O piloto da Mercedes fechou o título com três corridas de antecipação e também ultrapassou o recorde de Schumacher de 91 vitórias, terminando a temporada com 95 triunfos.

A campanha de Hamilton pelo título teve uma série de desempenhos excelentes, incluindo a volta da pole sob chuva torrencial no GP da Estíria e a vitória no GP da Grã-Bretanha com três rodas após uma falha de pneu na última volta.

Mas, ao refletir sobre sua temporada, Hamilton escolheu sua vitória no GP da Turquia como sua melhor exibição.

"A Turquia, naturalmente, é o mais próximo da memória, porque não foi há muito tempo", disse Hamilton.

“Acho que foi [o melhor] para mim, nas circunstâncias que enfrentamos como pilotos, e com tanta pressão, o campeonato poderia ser ganho naquele momento.”

"Eu diria que para mim foi meu melhor desempenho."

As condições de baixa aderência no renovado Istanbul Park dificultaram a classificação, o que significa que Hamilton só conseguiu se qualificar para o sexto lugar no grid.

Mas ele fez uma ambiciosa estratégia de parada única funcionar em condições de garoa ao longo da corrida para chegar à liderança, antes de vencer a corrida por mais de 30 segundos.

O resultado encerrou o campeonato para Hamilton depois que o companheiro de equipe e rival mais próximo Valtteri Bottas não conseguiu marcar nenhum ponto, terminando uma volta atrás, em 14º.

Hamilton acabou perdendo o GP de Sakhir após contrair a Covid-19, quando o título já havia sido garantido.

Havia incerteza no início do ano sobre quantas corridas a F1 conseguiria completar na temporada devido à pandemia, mas Hamilton disse que não sentiu nenhuma mudança na abordagem ao iniciar a temporada.

"Eu sempre faço uma corrida de cada vez, isso não muda a abordagem em nada", disse Hamilton.

"Apenas a temporada começou muito mais tarde, o que significava que o acúmulo seria normal. Era apenas tentar descobrir a melhor forma de treinar e preparar-se para a oportunidade do início da temporada.”

"Foi estranho começar no meio do ano e estar todos na Europa e se recuperar das rodadas triplas. Mas penso que mostramos força e verdadeira profundidade este ano como equipe."

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1: Pilotos IGNORAM vice e Bottas vê FUNDO DO POÇO ao FICAR DE FORA em top-10 de 2020; veja ranking

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

Your browser does not support the audio element.