F1: Dano na asa dianteira causou perda de rendimento de Stroll no GP da Turquia

Adam Cooper
·3 minuto de leitura

Apesar de um início forte no GP da Turquia de Fórmula 1, liderando a maior parte das voltas iniciais, Lance Stroll começou a ver seu rendimento ir por água abaixo, antes de terminar apenas em nono. E a Racing Point revelou nesta segunda (16) que o canadense teve sofreu com um dano na asa dianteira que não notado na hora da parada.

Stroll vinha liderando confortavelmente a corrida quando estava com pneus de chuva intensa, mas começou a sofrer com esfarelamento no segundo stint de intermediários, permitindo que Sergio Pérez reduzisse a vantagem.

Leia também:

Wolff: proibição de túnel de vento da F1 em 2030 levanta questões de segurança F1: Marko diz que começo da corrida foi "um grande desastre" Após erro, Leclerc se revolta no rádio: "Sou um idiota do c..."

Após uma parada para colocar um novo conjunto de intermediários, sua performance caiu ainda mais e ele não conseguiu ir além do nono lugar. E foi apenas quando o carro voltou ao parque fechado depois do fim da corrida que o dano na asa dianteira foi descoberto.

Isso corrobora com os dados da equipe que indicavam uma perda de downforce que não conseguiam atribuir a nada. Com a frustração óbvia de Stroll após a corrida, em que Pérez foi o segundo, a Racing Point tentou clarificar a situação rapidamente com um comunicado.

"Lance reclamou de uma performance ruim com os pneus, problemas para segurar o carro e esfarelamento dos pneus a partir da volta 17. Colocar um novo jogo de intermediários na volta 36 não resolveu não resolveu o problema como a situação dos pneus ficou ainda pior".

"Uma das travas na parte interior da asa dianteira se soltou e ficou posicionada em tal modo que causou uma perda significativa de downforce. A perda resultante contribuiu para o esfarelamento dos pneus".

"Os dados durante a prova confirmam que houve uma perda significativa de downforce, mas sem danos visíveis na hora da parada, combinado com as condições de baixa aderência, foi difícil confirmar se os dados estavam corretos".

"Foi apenas após a corrida, quando o carro voltou à garagem, que o dano no lado de baixo da asa dianteira foi descoberto".

Enquanto Pérez conquistou bons pontos com o segundo lugar, a queda de Stroll para o nono lugar pode custar para a Racing Point na luta contra McLaren e Renault pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: Chuva traz caos ao GP da Turquia, mas Hamilton se sobressai, vence e garante o hepta

PODCAST: O calendário 'pós-pandemia' da F1 2021 é o mais correto? Ouça o debate

Your browser does not support the audio element.