F1 confirma que chefe da Williams testou positivo para coronavírus

Redação Motorsport.com
·1 minuto de leitura

A Fórmula 1 informou nesta quarta-feira que o chefe de equipe em exercício da Williams, Simon Roberts, testou positivo para o novo coronavírus. Segundo comunicado da categoria, o diagnóstico foi anterior à viagem para o GP da Turquia.

O editor recomenda:

Cabo Frio entrega projeto de autódromo ao governo do Rio, diz revista ANÁLISE: Conheça as novidades técnicas da Fórmula 1 para 2021 Button diz que Hamilton precisa de companheiro que o desafie e nomeia candidato ideal

"Simon testou negativo na segunda-feira durante o cronograma regular de testes de Covid-19 da equipe, mas, depois de apresentar sintomas menores, foi submetido a outro teste nesta manhã, que teve um resultado positivo. Agora, ele está se isolando pelo período de 10 dias necessário, de acordo com as diretrizes nacionais do Reino Unido", confirmou a F1 em perfil institucional no Twitter.

"Simon não tem estado em contato próximo com nenhum outro membro da Williams Racing e a equipe continuará a operar na pista conforme planejado", completou o comunicado da categoria.

A Williams informou que "Dave Redding, gerente de equipe, e o engenheiro-chefe de design de veículos, Adam Carter, assumirão as responsabilidades" de Roberts durante as atividades do GP da Turquia.