F-E: Dragon / Penske confirma Sette Câmara para temporada 2021

Rachit Thukral
·3 minuto de leitura

O brasileiro Sérgio Sette Câmara tem um desafio confirmado para o próximo ano. Após participar da maratona de corridas que finalizou a temporada 2019-20 da Fórmula E em Berlim, ele foi confirmado como piloto titular da equipe Dragon para o próximo campeonato, que começa em janeiro.

Sette, que assumiu o posto de piloto reserva da Red Bull e da AlphaTauri na Fórmula 1 para este ano, estreou na F-E como substituto de Brendon Hartley na equipe norte-americana.

Leia também:

F-E: Mercedes mantém Vandoorne e de Vries e volta à pintura prata para 2021 F-E: Audi confirma di Grassi e Rast para temporada 2021 Fórmula E adia provas no México e na China e acrescenta rodada dupla no Chile

O brasileiro teve como melhor resultado um 15º lugar, sendo que o companheiro de equipe, Nico Muller, também não chegou a pontuar nessa sequência de seis provas em nove dias.

A Dragon, que passará a se chamar Dragon / Penske para destacar o envolvimento da tradicional família, confirmou nesta sexta que Sette Câmara seguirá com a equipe, enquanto a identidade de seu companheiro de equipe segue desconhecida.

O anúncio significa que Sette Câmera dificilmente seguirá na disputa da Super Fórmula, que seria inicialmente seu principal campeonato em 2020 antes do impacto da pandemia, que o impediu de participar das primeiras etapas.

O piloto de 22 anos chegou a participar da etapa de Sugo, surpreendendo ao fazer a pole com o carro da equipe B-Max/Motopark, mas sua prova acabou mais cedo após uma batida com pneus frios.

Com a pré-temporada da Fórmula E em Valência na próxima semana, dias antes da rodada dupla da Super Fórmula em Suzuka, a expectativa é que o brasileiro não volte ao Japão para as provas finais da temporada.

"Mal posso esperar para aplicar o que aprendi e o trabalho que fizemos na pré-temporada para o meu primeiro campeonato completo com a equipe", disse Sette Câmara. "Meu objetivo é trazer o melhor resultado possível em cada corrida, ter uma curva de aprendizado e aproveitar o tempo com a equipe da Dragon / Penske!".

"É meu objetivo crescer com a equipe e seguir com o momento positivo iniciado juntos em Berlim, para brigar constantemente por pontos nesta temporada".

A Dragon ainda precisa confirmar o nome do segundo piloto para a temporada 2021, que começa em janeiro com uma rodada dupla no Chile, mas Muller testou o Penske EV-5 da equipe recentemente e é visto como um dos candidatos.

"Sergio deu a todos uma prévia do que está por vir em suas primeiras corridas com a equipe em Berlim", disse Jay Penske, dono e chefe de equipe da Dragon / Penske.

"Eu fiquei muito feliz com o ritmo de Sérgio e a velocidade com a qual ele conseguiu se adaptar ao rigor das corridas elétricas. Com o pacote do Penske EV-5 e os avanços que fazemos em todas as áreas, espero que ele possa converter o potencial exibido em Berlim em pontuações constantes em sua primeira temporada com a Dragon / Penske".

A Dragon foi apenas a 11º entre 12 equipes nos construtores, com Hartley marcando dois pontos com um nono lugar na segunda corrida na Arábia Saudita.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Entenda como Racing Point deixou de ser apenas a ‘Mercedes rosa'

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

Your browser does not support the audio element.