Fórmula 1 abre leilão em prol de vítimas de incêndios na Austrália

Redação GP
Grande Prêmio

Assim como personalidades do esporte como Lewis Hamilton, Daniel Ricciardo e Casey Stoner, a F1 se mobiliza para ajudar as vítimas dos trágicos incêndios que devastam a Austrália desde o ano passado. 

Em comunicado emitido à imprensa, a principal categoria do esporte a motor anunciou, na noite da última terça-feira (21), a promoção de um grande leilão que visa destinar recursos a quatro instituições selecionadas pela organização do GP da Austrália em prol das pessoas afetadas nas áreas mais atingidas e para ajudar a combater os incêndios no país: Cruz Vermelha Australiana, Country Fire Authority Victoria, Foundation and Rural and Region Renewal e WWF Australian Wildfire and Nature Recovery Fund.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

São dois leilões. Um, que se inicia nesta quarta-feira, vai durar até 9 de fevereiro e vai leiloar ‘experiências’ aos fãs da F1. Enquanto o leilão de produtos, todos eles autografados, vai ser aberto em 16 do próximo mês, com os itens que vão ser leiloados listados no site www.f1authentics.com.

Incêndios devastam a Austrália desde 2019 (Foto: AFP)


O leilão de produtos compreende luvas e sapatilhas usadas por Daniel Ricciardo na temporada passada com a Renault, o capacete com o qual Kevin Magnussen vai pilotar no GP da Austrália deste ano e os macacões utilizados por Alexander Albon, Max Verstappen, Romain Grosjean e Daniel Ricciardo.

Entre as experiências listadas pela F1 no leilão estão um ‘meet and greet’ — encontro em que os fãs têm a chance de conhecer seus ídolos — no paddock do GP da Austrália com vários pilotos: Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Alexander Albon, Max Verstappen, Lando Norris, Carlos Sainz, Sergio Pérez, Lance Stroll, George Russell, Nicholas Latifi e os chefes de equipe Mattia Binotto, da Ferrari, Toto Wolff, da Mercedes e Claire Williams.

Também fazem parte do leilão outras experiências singulares como a chance de treinar na Academia da Renault, uma entrada no Paddock Club do GP da Austrália e, como cortesia da Pirelli, uma volta pelo circuito de Albert Park a bordo do safety-car e a chance de visitar a torre de controle durante a corrida, além de ter a chance de jantar com Ross Brawn, diretor-esportivo da F1.

A F1 diz que “a Austrália sempre foi e vai continuar sendo um lugar muito especial para a F1. O povo australiano é parte integrante da nossa comunidade unida, e enviamos nossas condolências a todos os afetados pelos terríveis incêndios”.

A categoria complementa que “para aqueles que não desejam participar do leilão, mas ainda assim desejam enviar uma doação, considere as organizações sem fins lucrativos listadas acima”.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.







Leia também