Fãs e torcedores do Santos vão a hospital se despedir e fazer últimas homenagens para Pelé

Fã chora após colocar faixa de despedida ao Rei Pelé (Foto: Rafaela Cardoso/LANCE!)


Bastaram minutos para o anúncio oficial da morte de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, para que fãs do maior atleta de todos os tempos e torcedores do Santos, clube onde será o eterno camisa 10, se reunissem na porta do Hospital Albert Einstein, no Morumbi (zona oeste), para se despedirem do gênio.

- Foi uma tristeza, eu vinha rezando desde segunda-feira, eu moro próximo do hospital e junto com um grupo de amigos estávamos orando todos os dias. É um ídolo que nos deixou. Mas fica na nossa lembrança. Não é uma perda só do Santos, mas de todo o Brasil - destacou o consultor de negócios Eduardo de Carvalho Nascimento, 55 anos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


+ 'Canhão da Vila', Pepe presta sua homenagem em despedida de Pelé, o homem 'de outro planeta'

Nascimento foi um dos primeiros a chegarem na porta do Einstein e imediatamente estendeu faixas com mensagens de conforto.

Pedro Melo foi outro fã do Rei a fazer sua despedida ainda no Einstein.

Mesmo com a chuva que caía sobre a entrada principal do centro médico, ele subiu nos postes ao redor do local e esticou faixas de apoio ao Maior da História.

- É um momento de muita dor, um ídolo que nos deixa, mas que com certeza será eternizado na história - disse, em lágrimas.