Fã de Federer, Pelé teve encontro emblemático com suíço no Brasil

Reprodução Facebook


Morreu nesta quinta-feira em São Paulo Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, maior jogador de futebol de todos os tempos por falência múltipla de órgãos provocado por um câncer no cólon.

O maior craque dos gramados era fã do tênis, teve encontro com Roger Federer em 2012 quando o suíço veio disputar exibição em São Paulo. Os dois trocaram camisas autografadas.

Federer falou com carinho sobre aquele encontro: "Foi um dos dias mais incríveis da minha vida. Conhecer Pelé em seu próprio país é um sonho para qualquer atleta, qualquer pessoa. Ele teve uma grande carreira, muito longa, só posso respeitá-lo. Era por isso que estava tão ansioso para encontrá-lo", revelou Federer após derrotar o francês Jo-Wilfried Tsonga em seu segundo jogo em São Paulo.

"Realmente gostei do momento, foi muito, muito legal. Ele sabe bastante sobre tênis, está bem informado. Está em boa forma, foi um prazer vê-lo tão feliz e me sinto privilegiado por ter feito isso", afirmou.

Os dois voltaram a se encontrar um ano depois em Nova York nos Estados Unidos.

Em setembro deste ano o gênio do futebol enviou uma mensagem em suas redes sociais ao suíço com carinho por conta de sua aposentadoria que ocorreu durante a Laver Cup.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.