Fábio Santos fala em jovens da base como reforços do Corinthians: 'Não precisa de contratação galáctica'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Perto do final da temporada 2020, o Corinthians imediatamente já pensa na temporada 2021 e o desejo da torcida é a contratação de novos jogadores. No entanto, por conta dos problemas financeiros, a ideia é segurar os recursos e somente buscar nomes pontuais e viáveis no mercado, ou até mesmo nas categorias de base como alguns rivais fizeram ao longo do último ano.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Relembre quantos jogadores da base o Corinthians utilizou nesta temporada

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, Fábio Santos comentou a possibilidade da chegada de reforços para o elenco e corroborou com a tese de promover atletas da base. Para ele, não há a necessidade de fazer contratações galácticas para o Timão de olho nos objetivos da próxima temporada.

- Obvio, na minha opinião, dá sim para reforçar melhor, qualificar. Isso não quer dizer que seja só com contratações galácticas ou jogadores que se destacam nesse Brasileiro. Corinthians tem uma base que pode ser explorada, tem jogadores que estão trabalhando com a gente e não dá para medir quando vão poder jogar mais e ter mais sequência, mas são reforços importantes aqui dentro - analisou o lateral-esquerdo antes de completar:

- No sub-23, o Danilo e o Alex vão fazer um trabalho mais perto e poderemos usar jogadores da categoria. É uma questão da comissão técnica com a diretoria, essa parte administrativa é difícil opinar, porque não sabemos o que está acontecendo. O nosso grupo é forte, não precisa fazer contratações absurdas. O segundo turno (do Brasileirão) nos deu otimismo para vislumbrar outras coisas na temporada.

Atualmente, no elenco principal, o Corinthians conta com onze jogadores da base, entre aqueles que treinam com o grupo e efetivamente jogam. São eles: Lucas Piton, Léo Santos, Roni, Gustavo Mantuan, Matheus Donelli, Raul Gustavo, Ruan Oliveira, Gabriel Pereira, Xavier, Guilherme e Rodrigo Varanda. Além deles, Fagner e Jô foram formados no clube, mas em outra geração.

Até o momento, o Timão não concretizou contratações para 2021, mas segundo divulgou o LANCE! na última segunda-feira, há o interesse no empréstimo do atacante Pedro Rocha, que pertence ao Spartak Moscou. O entrave seria o alto valor do salário e da taxa, ambos cobrados em euros.