Fábio Santos entende a cobrança, mas vê melhora do Galo

O lateral-esquerdo afirmou que a equipe vem evoluindo após Roger trocar o esquema da equipe, e entende a cobrança da torcida por resultados

Após garantir a classificação para a final do Campeonato Mineiro, o foco do Atlético-MG volta a ser na disputa da Libertadores. Nessa noite, o galo receberá o Libertad-PAR, no Independência, e o lateral Fábio Santos admitiu em entrevista coletiva que a equipe comandada por Roger Machado está devendo, mas que notou evolução com a mudança de esquema, feita pelo treinador:

- A gente vem tentando encontrar a melhor maneira de jogar. O Roger estava tentando no 4-1-4-1, mas a equipe não conseguiu desenvolver o que se esperava, até por dificuldade de não ter algumas peças em certas funções. Ele fez essa mudança para o 4-2-3-1, a equipe deu uma resposta positiva. A gente espera seguir nessa linha de trabalho. Eu pude fazer um grande jogo, assim como os companheiros. A gente espera continuar nesse nível de jogo. Espero que tenhamos encontrado a melhor formação para daqui pra frente melhorar cada vez mais.

Ao admitir que a equipe vinha encontrando dificuldades, o lateral-esquerdo entende as críticas da torcida pelas atuações dele até aqui, e afirma que a exigência é pelo investimento feito pela diretoria no elenco do Atlético-MG e pelos bons resultados obtidos nos últimos anos:

- Já fui torcedor um dia, entendo bem. Torcedor quer saber do resultado da equipe, se está vencendo ou não. A torcida do Atlético vem sendo mais exigente pelo resultado nos últimos anos, pelo investimento que o clube fez. Respeito isso, mas estamos trabalhando sério, vocês veem a seriedade que a gente trabalha, se dedica. O grupo é muito bom, não tem problema nenhum no vestiário. Pelo contrário, é um dos melhores que já trabalhei. A gente está muito animado com o restante da temporada. A gente fica chateado porque a gente quer o resultado imediato. Em três, quatro meses de trabalho, às vezes a gente não consegue os resultados que esperam. Tenho certeza que, com o trabalho sendo desenvolvido, nós vamos ter um ano promissor, brigando e conquistando títulos.





E MAIS: