Fábio Santos afirma que diretoria do Corinthians precisa qualificar elenco para sequência da temporada

Fábio Lázaro
·2 minuto de leitura


A classificação dramática do Corinthians à terceira fase da Copa do Brasil, ao bater o Retrô (PE) nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal, nesta sexta-feira (26), no estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema (RJ), ligou o sinal de alerta para o clube no decorrer da temporada.

O Timão jogou menos que o time pernambucano, de apenas seis anos de história e que em 2021 joga em competições à nível nacional pela primeira vez. Para o lateral-esquerdo Fábio Santos, um dos atletas mais experientes do atual elenco corintiano, esse cenário mostra a necessidade da diretoria em qualificar o plantel para a sequência da temporada.

>> Confira a tabela da Copa do Brasil 2021

Com uma dívida total estimada em mais de R$ 900 milhões, a palavra de ordem na parte administrativa do Parque São Jorge é contenção, por isso a ideia é de pouquíssimo investimento em atletas nesta temporada e bastante garimpo nas categorias de base. Já neste início de ano esportivo, o técnico Vagner Mancini promoveu oito jogadores ao time principal e colocou quatro em campo: Adson, Vitinho, Antony e Rodrigo Varanda, que foi titular dos sete jogos do Timão até aqui, em 2021.

Ainda assim, Fábio Santos, que tem 35 anos, destaca a cautela para que essa garotada não seja queimada em um momento de instabilidade no Timão, que, embora tenha alcançado o nono jogo sem perder, ainda não chegou ao seu nível de desempenho ideal.

- O grupo é grande, numeroso, mas precisa qualificar. A diretoria já pediu paciência para o elenco, vamos usar bastante a meninada, lançando aos poucos para não queimar os meninos - disse o camisa 26 ao SporTV após a classificação.

Fábio Santos crê que a cobrança da torcida corintiana, enquanto o time não apresentar o futebol esperado, será grande, mas que isso não traduzirá em perda de apoio. Para o atleta, o momento pede suporte dos mais velhos aos garotos recém-chegados ao profissional.

- Da mesma forma que a torcida vai continuar preocupada, vai continuar apoiando, estamos tentando dar força pra essa meninada - colocou o lateral-esquerdo.

Promovido à terceira fase da Copa do Brasil, aquela onde entrarão os times que não disputam o torneio até o começo, como as equipes brasileiras que jogam a Libertadores, o nono colocado na última edição do Brasileirão e os campeões das últimas Série B, Copa do Nordeste e Copa Verde, o veterano acredita que as competições de mata-mata dão ao Corinthians um vislumbre maior de conquista.

- Vamos dar suporte aos meninos e continuar nessas competições de mata-mata, que são onde vemos mais chances de conquista - pontuou Fábio.

O Corinthians deixou para trás duas equipes do Pernambuco neste início de Copa do Brasil. Além de eliminar o Retrô, o Timão deixou para trás o atual campeão pernambucano, Salgueiro, na estreia, ao vencer por 3 a 0, no estádio Cornélio de Barros.